Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/20249
Título: Estudo da aplicação na área da saúde do gengibre, sua caracterização química
Autor: Medeiros, Raquel de Oliveira Neves Bettencourt de
Orientador: Moncada, Margarida Maria de Mesquita Cabral de
Palavras-chave: Gengibre
Gingerol
Fitoterápico
Farmacologia
Data de Defesa: Dez-2017
Resumo: A utilização dos recursos naturais, para fins medicinais remonta aos primórdios da humanidade. Já em antigas civilizações, o Homem sentia a necessidade de expandir conhecimentos, explorando e estudando os benefícios dos recursos naturais, sendo a flora uma das principais fontes de recursos utilizadas. As plantas, utilizadas com o intuito de curar, prevenir e tratar doenças, mostraram-se um grande aliado da saúde do Homem ao longo dos tempos. Por causa da sua composição rica em compostos fenólicos e terpenoides, o gengibre sempre terá sido utilizado para diversos fins medicinais, e cada vez mais se procuram mais alvos terapêuticos. No entanto, na sua grande maioria, as plantas são utilizadas apenas com base no conhecimento popular, havendo por vezes pouca fundamentação científica sobre a eficácia e segurança das plantas utilizadas. Algumas propriedades ao gengibre atribuídas são: Antioxidante, tendo em conta a sua abundância de compostos fenólicos e flavonoides na composição. Anti-inflamatória, tendo em conta a capacidade de bloquear diversos mecanismos de resposta inflamatória. Antibacteriana e antifúngica na medida em que ajuda na rutura da membrana citoplasmática destes microrganismos. Antidiabética, associado ao efeito hipoglimeciante e de aumento da sensibilidade à insulina. Anti-helmíntica, associada à capacidade antioxidante, afetando os trofozoítos. Anticancerígena, comprovada por diversos estudos clínicos em diversos tipos de cancro. Antiemética na medida em que atua no trato gastrointestinal perifericamente, aumentando o tónus e a motilidade gástrica, e ainda o esvaziamento gástrico, através da sua ação anticolinérgica e antiserotoninérgica. Ação de combate à obesidade pela modificação da expressão enzimática nos marcadores de metabolismo lipídico e redução dos lípidos plasmáticos e teciduais entre outras influências. Hepatoprotetora na medida em que ajuda na recuperação dos danos hepáticos, atua a nível bioquímico e histopatológico.
Descrição: Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/20249
Designação: Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas
Aparece nas colecções:EM - IUEM - Ciências Farmacêuticas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Medeiros_Raquel_de_Oliveira_Neves_Bettencourt_de.pdf4,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.