Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/20184
Título: Zika : o paradigma atual
Autor: Silvestre, Miguel Alexandre Piedade
Orientador: Gomes, Perpétua
Palavras-chave: Zika
Microcefalia
Síndroma Guillain-Barré
Vírus Zika
Data de Defesa: Dez-2017
Resumo: O Zika é um vírus que faz parte da família Flaviviridae, mais especificamente do género flavivírus. Este foi descoberto em 1947, no Uganda, na floresta Zika, sendo que em 1952, na Nigéria, ocorreu o primeiro caso de infeção humana. Perante isto, a sua disseminação perpetuou-se por todo o continente Africano e Asiático. Em 2007 registou-se, pela primeira vez, um surto em larga escala. Porém, em 2013 aquando do surto na Polinésia francesa, foi pela primeira vez descrita a síndrome de Guillain-Barré como uma complicação neurológica nos doentes infetados por Zika. Verificaram-se também surtos nas Ilhas Cook, Nova Caledónia e Ilha da Páscoa, em 2014. Em 2015, este vírus atingiu o Brasil, ocorrendo milhares de casos de infeção, onde se pôde verificar uma associação entre a microcefalia e as malformações fetais com a infeção por Zika. Atualmente, este vírus continua a circular provocando novos casos que se reportam a setenta e nove países, por todo o mundo. O vírus Zika pode propagar-se por duas vias: a vetorial e a não vetorial. Sendo que a primeira se transmite através dos mosquitos do género Aedes. A segunda via, corresponde à transmissão por via sexual, via vertical (mãe-filho), por transfusões de sangue e outras possíveis vias, ainda não confirmadas. No que respeita ao tratamento, não existe ainda um fármaco antiviral aprovado e disponível que seja eficaz contra este vírus, da mesma forma como, face à prevenção, não existe uma vacina disponível. Em contrapartida, existem medidas de prevenção que podem ser tomadas para evitar a sua propagação e transmissão, nomeadamente educação das populações, sexo protegido e controlo vetor.
Descrição: Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/20184
Designação: Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas
Aparece nas colecções:EM - IUEM - Ciências Farmacêuticas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Silvestre_Miguel_Alexandre_Piedade.pdf13,76 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.