Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/12851
Título: A supervisão clínica no processo de integração de enfermeiros
Autor: Carvalho, Ana Isabel
Palavras-chave: Enfermagem
Supervisão clínica
Data de Defesa: 2016
Resumo: Na atualidade, as constantes mudanças sociais, profissionais e institucionais colocam grandes desafios às organizações, nomeadamente, na gestão dos seus recursos humanos. O processo de integração é determinante no sucesso de adaptação do indivíduo à organização e, consequentemente, no seu desempenho, uma vez que promove a aquisição de autoconfiança no exercício das suas funções, a construção da sua identidade profissional e o desenvolvimento de competências. É imperioso que a integração dos enfermeiros no contexto de trabalho seja orientada por padrões de qualidade dos cuidados de Enfermagem, devendo ser criadas por parte das instituições, condições adequadas e tempo de integração necessários, de forma a promover o desenvolvimento de novas atitudes profissionais e a melhoria da qualidade da prestação dos cuidados. A Supervisão Clínica (SC) é um processo sistemático e contínuo que apoia e encoraja a melhoria da prática profissional, visando a autonomia gradual do supervisado nos processos de tomada de decisão. Este estudo teve como finalidade contribuir para a melhoria do processo de integração de enfermeiros. Os objetivos delineados passam por analisar as experiências dos Enfermeiros recém-admitidos, relacionadas com o seu processo de integração no serviço; analisar a perceção dos Enfermeiros recém-admitidos sobre o seu processo de integração; identificar os fatores facilitadores e limitadores do processo de integração dos Enfermeiros XI A Supervisão Clínica no Processo de Integração de Enfermeiros 14 Ana Isabel Tavares Carvalho recém-admitidos; analisar a opinião dos Enfermeiros recém-admitidos sobre o perfil do supervisor clínico. Para a consecução destes objetivos, realizou-se um estudo qualitativo de caráter exploratório e descritivo. Os dados foram colhidos através de um guião de entrevista semiestruturada, aplicada a doze enfermeiras do Centro Hospitalar Entre Douro e Vouga (CHEDV). No tratamento dos dados foi utilizada a análise de conteúdo segundo Bardin (2011), tendo emergido três domínios: “Vivências do Processo de Integração”, “Perceções sobre o Processo de Integração” e “Enfermeiro Supervisor”. A análise dos resultados obtidos permitiu concluir que os participantes reconhecem a importância da implementação de Supervisão Clínica em Enfermagem (SCE) nos contextos de trabalho e assumem-na como fundamental no desenvolvimento de competências pessoais e profissionais, na satisfação profissional e na qualidade dos cuidados prestados aos clientes, aspetos que concorrem para uma eficaz integração e adaptação no serviço. A identificação de fatores facilitadores e dificultadores da planificação e organização do processo de integração em uso, assim como as sugestões de melhoria propostas pelos participantes, permitiram sugerir a adoção de estratégias que minimizem as limitações e otimizem as potencialidades de um programa de integração.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/12851
Designação: Mestrado em Supervisão Clínica em Enfermagem
Aparece nas colecções:ESEP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Ana Carvalho VERSÃO DEFINITIVA.pdf1,46 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.