Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/4707
Título: A implementação de atividades lúdicas para a promoção da aprendizagem cooperativa
Autor: Simões, Ana Margarida
Brito, Rita
Palavras-chave: Atividades lúdicas
Aprendizagem cooperativa
Pré-escolar
Data: Jun-2013
Citação: In: Jornadas Pedagógicas - Supervisão, liderança e cultura de escola. 21 e 22 Junho 2013. Odivelas: ISCE, 2013
Resumo: Os valores que aprendemos na nossa infância são os valores que permanecem ao longo da nossa vida. No entanto na sociedade de hoje existe muito individualismo e também perda de bons valores, acabando por serem esquecidos e não transmitidos às crianças. “Os valores não se “ensinam”, mas vivem-se na ação conjunta e nas relações com os outros” (ME, 1997, p.52). Através do valor cooperação pretende-se que as crianças se preocupem e pensem nos outros, comuniquem, partilhem e ajudem-se mutuamente. Todas as crianças que participem em atividades lúdicas adquirem novos conhecimentos e desenvolvem aptidões de forma natural e agradável, desta forma gera-se um forte interesse em aprender. A aprendizagem cooperativa é um método muito eficaz e eficiente, tanto no ensino, como na aprendizagem das crianças. Isto comparado com o ensino tradicional onde a criança tem um papel passivo e com poucas responsabilidades. No jardim-de-infância onde foi realizada a prática pedagógica observou-se que as crianças têm dificuldades em cooperar, ouvir o próximo, aceitar as ideias dos outros e trabalhar em conjunto de forma não conflituosa. Deste modo, foi decidido abordar a cooperação através de atividades lúdicas, incutindo, explorando, desenvolvendo e promovendo este valor e a importância do mesmo. Para isso, foram desenvolvidas cinco atividades com vista à promoção da aprendizagem cooperativa, numa sala de Educação Pré-Escolar com 25 crianças, com idades compreendidas entre os 3 e os 5 anos. Tendo sido os seus resultados bastante satisfatórios e ultrapassando as espectativas com a implementação da última atividade. Foi utilizada uma abordagem qualitativa como forma de recolha de dados, nomeadamente a investigação-ação, tendo sido realizadas grelhas de observação/avaliação, fotografias e entrevista à educadora. O investigador adotou o tipo de observação propriamente dita. As crianças empenharam-se na realização das atividades, adquiriam várias competências sociais e cognitivas, e segundo a educadora o grupo continua a colocar em prática o valor da cooperação. Deste modo, é de considerar que a aplicação do plano de ação possui consequências positivas para as mesmas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/4707
Aparece nas colecções:ESEJD - Artigos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Implementacaoatividadesludicas.pdf634,55 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.