Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/25646
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorPolido, Mário Cruz-
dc.contributor.authorUrsu, Ecaterina-
dc.date.accessioned2019-01-10T12:52:03Z-
dc.date.issued2018-11-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.26/25646-
dc.descriptionDissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Universitário Egas Monizpt_PT
dc.description.abstractObjetivos: Avaliar a resistência adesiva por microtração de três sistemas adesivos, aplicados na sua vertente self-etch, em dentina lateral coronária e radicular. Materiais e métodos: Foram recolhidos 15 dentes molares hígidos, extraídos há menos de 6 meses. Os dentes foram seccionados pelo colo anatómico separando-os em duas metades coronárias e radiculares. Os fragmentos foram distribuídos aleatoriamente em 6 grupos experimentais (n=5). A produção de smear layer foi standardizada pelo polimento das superfícies com discos de polimento SiC (400 grit). Nos grupos OCC e OCR o sistema adesivo utilizado foi o OneCoat7 Universal, nos grupos FutC e FutR o sistema aplicado foi o Futurabond®U e nos grupos NorC e NorR o sistema aplicado foi o Normobond SE. Os três sistemas adesivos foram aplicados de acordo com a técnica self-etch. Nas faces mesiais e distais de cada fragmento foram construídos blocos de resina composta FiltekTM Z250 em incrementos de 2 mm até se obter um bloco de resina de cerca de 8 mm. As amostras foram seccionadas em espécimes de 1 mm2 e armazenadas durante 24h em água desionizada numa estufa a 37ºC. Após esse período, os palitos foram submetidos a um teste de microtração à velocidade constante de 0.5 mm/min até ao momento da fratura e o valor da força aplicada nesse momento foi registada. As fraturas foram classificadas como adesivas, coesivas de resina, coesivas de dentina ou mistas. Os resultados foram analisados com recurso a um modelo linear misto (p≤0,05). Resultados: Os resultados obtidos demonstram diferenças significativas entre as forças de resistência adesiva nas duas regiões dentinárias. Também foram verificadas diferenças significativas entre os três adesivos, sendo que o sistema Normobond SE apresenta forças mais elevadas que os sistemas Futurabond®U e OneCoat7 Universal. O desempenho dos adesivos mostrou ser independente da região dentinária. Conclusões: As forças adesivas e a resistência à microtração são mais elevadas na dentina coronária. O sistema adesivo utilizado influencia o resultado final sendo que o seu desempenho é independente da região dentinária em que é utilizado.pt_PT
dc.description.abstractObjectives: To evaluate the microtensile bond strength of three adhesive systems, applied according to the self-etch technique, to lateral, coronal and radicular dentin. Materials and Methods: Fifteen healthy molar teeth, extracted less than 6 months ago, were collected. The teeth were sectioned by the anatomical neck separating them into two coronary and radicular halves. The fragments were randomly assigned to 6 experimental groups (n = 5). The production of smear layer was standardized by polishing the surfaces with SiC polishing discs (400 grit). In the OCC and OCR groups the adhesive system used was the OneCoat7 Universal, in the FutC and FutR groups the applied system was Futurabond®U and in the NorC and NorR groups the system applied was the Normobond SE. The three adhesive systems were applied according to the self-etch technique. In the mesial and distal faces of each fragment, FiltekTM Z250 composite resin blocks were constructed in 2 mm increments until a resin block of about 8 mm was obtained. The samples were sectioned into 1 mm2 specimens and stored for 24 h in deionized water in an oven at 37 ° C. After this period, the sticks were subjected to a microtensile test at a constant speed of 0.5 mm / min until the moment of fracture and the force value applied at that moment was recorded. The fractures were classified as adhesive, resin cohesive, dentin cohesive or mixed. The results were analyzed using a mixed linear model (p≤0.05). Results: The results obtained demonstrate significant differences between the adhesive strength forces in the two dentin regions. Significant differences were also observed between the three adhesives, and the Normobond SE system has higher forces than the Futurabond®U and OneCoat7 Universal systems. The performance of the adhesives showed to be independent of the dentin region. Conclusions: Microtensile bond strength are higher in coronary dentin. The adhesive system used influences the final result and its performance is independent of the dentin region in which it is used.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsembargoedAccesspt_PT
dc.subjectDentina coronáriapt_PT
dc.subjectDentina radicularpt_PT
dc.subjectSistemas adesivos universaispt_PT
dc.subjectSelf-etchpt_PT
dc.titleEstudo da resistência adesiva por microtração de três sistemas adesivos na dentina lateral, coronária e radicularpt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
dc.date.embargo2020-11-30-
thesis.degree.nameMestrado Integrado em Medicina Dentáriapt_PT
dc.identifier.tid202135381pt_PT
Aparece nas colecções:EM - IUEM - Medicina Dentária

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Ursu_Ecaterina.pdf5,31 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.