Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/25612
Título: Importância na clínica, das interações farmacológicas com a terapêutica antirretroviral, no indivíduo idoso
Autor: Garcia, Soraia Filipa dos Santos Correia
Palavras-chave: HIV
Idosos
Antirretrovirais
Interações farmacológicas
Data de Defesa: Dez-2018
Resumo: Devido ao sucesso da implementação da ART, o HIV deixou de ser uma doença com altas taxas de mortalidade e morbilidade, dando lugar a uma doença crónica e equiparando a esperança média de vida destes doentes à da restante população, sobretudo se falarmos de países desenvolvidos. Este novo paradigma acarreta alguns novos desafios relacionados com o aparecimento de comorbilidades tanto inerentes ao próprio envelhecimento, como à ART, sendo por isso atualmente necessário um profundo conhecimento sobre as interações existentes entre o HIV e as patologias mais prevalentes nos idosos. O objetivo deste trabalho é estudar as consequências da taxa de sucesso da ART nos doentes idosos polimedicados, com múltiplas comorbilidades, devido às interações entre estes, as consequências dos efeitos adversos a longo prazo e os novos desafios que surgiram perante a atual realidade da doença. A metodologia deste trabalho assenta numa pesquisa bibliográfica essencialmente na base de dados PubMed de artigos publicados preferencialmente entre os anos 2013 a 2018. Foram utilizadas as palavras-chave: “HIV”, “elderly”, “aging” “antiretroviral therapy”, “comorbidity”, “complications”, “drug-drug interactions”, “concomitant medication”, “potencial drug interactions” e “co-administration”. Os dados de epidemiologia foram retirados do site da internet da WHO e da UNAIDS. E o programa utilizado para a organização e gestão de citações e referências bibliográficas foi o Mendeley Desktop®, versão 1.19.2. Nesta revisão bibliográfica foram utilizados 53 artigos. O número de idosos portadores de HIV vai continuar a aumentar, é essencial compreender as interações entre a ART e os medicamentos para as diversas doenças crónicas mais prevalentes nesta faixa etária. Uma melhor compreensão destas interações permite aumentar a eficácia e reduzir a toxicidade entre medicação concomitante e com isto aumentar a adesão à terapêutica, mantendo os doentes com a infeção controlada e protegendo também a restante população.
Due to the successful implementation of antiretroviral therapy, HIV ceased to be a disease with high rates of mortality and morbidity, leading to a chronic illness and equating the average life expectancy of these patients with the rest of population, especially when it comes to developed countries. This new paradigm entails new challenges related to the appearance of comorbidities inherent both to aging itself and to antiretroviral therapy, and it is necessary to have a deep knowledge about the interactions between HIV and the most prevalent pathologies in the elderly. The objective of this paper is to study the consequences of the success of antiretroviral therapy in polymedicated elderly patients with multiple comorbidities due to the interactions between them, the consequences of long-term adverse effects and the new challenges that have emerged in the face of the current reality of the disease. The methodology of this work is based on a bibliographical research in the PubMed database of articles published preferably between the years 2013 to 2018. The following keywords were used: "HIV", "elderly", "aging" "antiretroviral therapy", "comorbidity "," complications "," drug-drug interactions "," concomitant medication "," potential drug interactions "and" co-administration ". Epidemiology data was taken from the WHO and UNAIDS website. The program used for the organization and management of citations and bibliographical references was Mendeley Desktop®, version 1.19.2. In this bibliographic review were used 53 articles. The number of elderly people with HIV will continue to increase, it is essential to understand the interactions between ART and drugs for the various chronic diseases most prevalent in this age group. Understanding these interactions will increase the efficacy and reduce the toxicity between concomitant medication. With this we can also increase adherence to the therapy keeping individual’s infection controlled and protecting the rest of the population.
Descrição: Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Universitário Egas Moniz
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/25612
Designação: Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas
Aparece nas colecções:EM - IUEM - Ciências Farmacêuticas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Garcia_Soraia_Filipa_dos_Santos_Correia.pdf1,76 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.