Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/25527
Título: Feedback e resolução de problemas de matemática: uma experiência com alunos do 4º ano
Autor: Ornelas, Anabela Gomes
Orientador: Brocardo, Joana
Palavras-chave: Avaliação formativa
Feedback
Resolução de problemas
Formative evaluation
Feedback
Problem solving
Data de Defesa: Dez-2018
Resumo: Este relatório de investigação incide sobre uma intervenção pedagógica desenvolvida no ano letivo 2017/2018 no âmbito da unidade curricular: Estágio IV. A investigação tem como principal objetivo estudar o modo como os alunos usam e elaboram feedbacks focados na resolução de problemas matemáticos para corrigir e melhorar as suas resoluções ou as de outros. Mais concretamente, formulei três questões: 1) Que características têm os feedbacks que as crianças propõem para melhorar a resolução de um problema? 2) Como evolui o feedback proposto pelas crianças? 3) O que pode influenciar as crianças a tirar ou não partido do feedback que receberam? A investigação centra-se nas potencialidades da avaliação formativa, mais concretamente no feedback, para desenvolver a capacidade de resolução de problemas matemáticos nos alunos. Assume-se que os alunos podem para além de interpretar feedbacks, construí-los para apoiar outros. Este estudo adota uma abordagem qualitativa e consiste numa investigação sobre a prática. Os participantes do estudo são 19 alunos do 4.º ano de uma escola da periferia de Setúbal a que foram propostos problemas matemáticos e respetivas resoluções (corretas ou incorretas). Os alunos analisaram resoluções de problemas matemáticos com o objetivo de construir feedbacks que ajudassem outros a melhorar/corrigir as resoluções e interpretaram feedbacks para melhorar/corrigir as suas próprias resoluções. Os dados foram recolhidos a partir da observação participante e de documentos. Os resultados obtidos evidenciam que os alunos recorrem a diferentes tipos de feedback. Estes, por um lado, caraterizam-se por serem vagos, sucintos ou incorretos e, por outro, por integrarem sugestões, pistas e indicações. A partir deste estudo pude verificar uma evolução na turma, uma vez que alguns alunos transitaram de um feedback incorreto ou avaliativo para um feedback descritivo ou pessoal e outros transitaram de um feedback centrado na resposta para um feedback centrado na tarefa ou no processo da tarefa, a fim de permitir uma melhoria da resolução analisada. Por fim, constatei que para que um feedback seja bem-sucedido deve ser correto/coerente, explícito/claro e centrado ou no processo da tarefa ou na tarefa.
This research report focuses on a pedagogical intervention developed in the academic year 2017/2018 within the ambit of the curricular unit: Stage IV. The main objective of this research is to study how students use and elaborate feedbacks focused on solving mathematical problems to correct and improve their resolutions or those of others. More specifically, I formulated three questions: 1) Which are the characteristics of the feedback that children propose to improve the resolution of a problem? 2) How does the feedback proposed by the children evolves? 3) What can influence the children to take advantage or not of the feedback that they received? The research focuses on the potentialities of the formative evaluation, specifically on the feedback, to increase the ability to solve mathematical problems on students. It´s assumed that students can interpretate feedbacks and build them to support others. This study adopts a qualitative approach and consists of an investigation of the practice. The study participants are 19 students from the 4th year of a school on Setúbal surroundings, to which mathematical problems and their resolutions (correct or incorrect) have been proposed. The students analyzed the resolutions of mathematical problems with the purpose to build feedbacks that would help others improve/correct the resolutions and interpreted feedbacks to improve/correct their own resolutions. The data was collected from the participant observation and from documents. The obtained results suggests that students use different types of feedback. These, on one hand, are characterized by being vague, succinct or incorrect and, on other hand, by integrating suggestions, clues and indications. From this study I was able to verify an evolution in the class, since some students went from incorrect or evaluative feedback to descriptive or personal feedback and others moved from feedback centered on the response to a feedback centered on the task or in the process of the task, in order to allow an improvement in the resolution analyzed. Finally, I have found that for the feedback to be successful it must be correct / coherent, explicit / clear and centered, in the process of the task or the task.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/25527
Designação: Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico
Aparece nas colecções:IPS - ESE - SDI - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
relatório_de_investigação.pdf2,62 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.