Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/2419
Título: Turismo náutico: agentes dinamizadores do estuário do Tejo. Contributos para uma estratégia de desenvolvimento turístico
Autor: Freitas, Joana Teresa Cruz Mimoso de
Palavras-chave: Turismo náutico
Estuário do Tejo
Produtos turísticos
desenvolvimento sustentável
Identidade ribeirinha
Nautical tourism
Tagus estuary
Tourism products
Sustainable development
Riverside identity
Data de Defesa: Dez-2010
Editora: Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril
Resumo: Esta dissertação pretende apresentar o potencial de desenvolvimento do turismo náutico no destino estuário do Tejo, dando a conhecer os agentes dinamizadores deste: os concelhos ribeirinhos envolventes, as entidades públicas e privadas que gerem parte dele ou que lá operam, bem como outros agentes imateriais que o dinamizam enquanto destino. É unânime a opinião, de entre os conhecedores deste território, que o estuário do Tejo possui uma riqueza e história ímpares e que o seu potencial de desenvolvimento é forte, quando entendido numa perspectiva de recreio, sustentabilidade e qualidade, podendo gerar maiores fluxos turísticos e melhorar a economia local e até nacional. Actualmente o estuário do Tejo está essencialmente aproveitado na vertente portuária (seja através da carga contentorizada ou dos cruzeiros), na vertente de tráfego fluvial de pessoas entre margens e permite também alguma formação desportiva, nomeadamente na vela e remo, através da actividade dos clubes e associações ali existentes. Contudo, o seu potencial é ainda maior e é facilmente conciliado com práticas turísticas regulares, hoje pontuais e restritas a meia dúzia de operadores. Através de inquérito dirigido ao público em geral e aos operadores, percebeu-se que muitas pessoas praticamente desconhecem a riqueza do estuário e a sua (escassa) oferta turística e que alguns operadores sentem dificuldades em termos logísticos e infra-estruturais para actuar devidamente; concluindo-se que, para que todos os potenciais visitantes (turistas e excursionistas) e a população em geral se sintam atraídos por este destino e o valorizem, é preciso primeiro que o conheçam. Assim, e em complemento à actividade náutica, que ainda requer alguns investimentos em mais e melhor adequadas infra-estruturas e equipamentos, propõem-se acções estratégicas que passam pela criação de uma entidade que faça uma gestão integrada do Estuário, ajudando a organizar recursos turísticos, promovendo ambas as margens (norte e sul) com valor acrescentado e identidade, oferecendo turismo de natureza, gastronomia e vinhos, city breaks, touring cultural e paisagístico e sol e mar, facilitando o seu usufruto por parte do seu público-alvo através da criação de uma plataforma em rede, pois estas sugestões podem ajudar a complementar a oferta turística actual e a construir uma imagem do Estuário que seja reconhecida local, nacional e internacionalmente.
This dissertation aims at analysing the way in which nautical tourism may foster the development of Tagus estuary, focusing on its dynamising agents; the surrounding riverside councils, the public and private entities that manage certain parts of the estuary or that operate there, as well as other immaterial agents that manage and promote the estuary as a tourism destination. Among those who are well acquainted with this area, it is acknowledged that the Tagus estuary has unique history and wealth, and that it has a strong development potential, when understood from a recreational, sustainable and quality perspective, which would trigger greater tourism flows and improve both the local and the national economies. Nowadays the Tagus estuary assumes a particularly important role in the port activity, especially in the shipping of cargo containers and in cruise tourism, in the cross-river traffic, allowing people to commute everyday between the two banks of the river, and also in the practice of sports, namely sailing and rowing, led by the existing clubs and associations in the area. However, its potential growth might be even greater if articulated with regular tourism practices, which are now occasional and restricted to half a dozen operators. Through a survey applied to the general public and to operators, it has been possible to understand that the wealth of the estuary and its (yet poor) tourism offer is unknown to many people and that some operators experience logistical and infrastructural difficulties that prevent them from acting in an appropriate way. We conclude, therefore, that for all the prospective visitors (tourists and excursionists) and the general public to feel attracted to this destination and to understand its value, it is necessary that they are first aware of its existence and of the possibilities it has to offer. As such, and together with the nautical activity, that requires still some investment in more and better infrastructures and equipments, different strategic actions are proposed that aim, for instance, at creating a body that allows the integrated management of the estuary. This would contribute to the organisation of tourism resources, to promote both banks’ added value and identity (north and south), to offer nature tourism possibilities, gastronomy and wines, city breaks, cultural and landscape touring, and sun and sea, making it possible for the target population to experience these through a network platform. Furthermore, these suggestions might also assist to reinforce the present tourism offer and to build an image for the estuary that may be recognised at the local, national and international levels.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/2419
Designação: Dissertação de Mestrado em Turismo, especialização em Gestão Estratégia de Destinos Turísticos
Aparece nas colecções:ESHTE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2010.04.018_.pdf26,43 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.