Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/22905
Título: Brasil : a potência do petróleo marítimo
Autor: Eiras, Ruben
Palavras-chave: Política internacional
Economia internacional
Relações internacionais
Relações económicas
Política externa
Política interna
Política de defesa
Recursos energéticos
Petróleo
Estratégia
Orçamento de defesa
Geopolítica
Conceito Estratégico de Defesa Nacional
Marinha
BRIC
América do Sul
China
Portugal
Brasil
Data: 2014
Editora: Instituto da Defesa Nacional
Relatório da Série N.º: Nação e Defesa;138
Resumo: Cerca de 30% do abastecimento mundial de petróleo será assegurado pelo Brasil em 2035, tornando aquele país lusófono no sexto maior produtor mundial. Contudo, a ascensão do gigante sul-americano a uma potência energética global está fortemente condicionada, em essencial, por um fator muito específico: acesso a tecnologia de extração e produção de petróleo e gás offshore de águas profundas, económica e ambientalmente eficiente. O presente artigo contextualiza esta ascensão com uma tentativa de descrição da mudança geopolítica em curso no mundo do petróleo e gás. Na nova ordem mundial petrolífera, os desafios tecnológicos do pré-sal brasileiro abrem a porta para o Brasil liderar a criação de um cluster lusófono das Ocean Oil Companies, empresas especializadas na exploração e produção do petróleo marítimo.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/22905
ISSN: 0870-757X
Versão do Editor: https://www.idn.gov.pt/publicacoes/nacaodefesa/textointegral/NeD138.pdf
Aparece nas colecções:IDN - Revista Nação e Defesa

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
NeD138_RubenEiras.pdf378,26 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.