Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/22896
Título: A Gestão de Talentos como departamento autónomo nas Organizações
Autor: Azevedo, Carla Zuraida Fernandes de
Orientador: Lourenço, Luís
Palavras-chave: Talentos
Gestão de talentos
Organização
Departamento
Data de Defesa: 9-Mai-2018
Resumo: O presente documento constitui a tese de dissertação a realizar no âmbito do 2º ciclo de estudos em gestão e estratégia empresarial. O mercado atual tornou-se bastante competitivo, o que levou as empresas a compreenderem que o investimento em pessoas é um diferencial competitivo e que se constitui como a solução mais pertinente para a estratégia da organização. Desde modo, a Gestão de Talentos, tornou-se num dos aspetos fundamentais no planeamento das empresas, sendo que muitas delas, empresas sentem a falta de um departamento autónomo de Gestão de Talentos. Desta forma, surgiu a problemática da presente investigação: “Gestão de Talentos – Como Departamento Autónomo nas Organizações”. Depois de construir o quadro teórico que sustenta toda a investigação, tendo em conta a problemática de Gestão de Talentos - Como Departamento Autónomo nas Organizações, desenvolvemos um estudo exploratório, no qual a amostra foram profissionais responsáveis pelo Departamento dos Recursos Humanos de três organizações. Para a recolha de dados utilizou-se o método qualitativo, recorreu-se ao instrumento de entrevista estruturada, desenvolvendo uma lista fixa de perguntas que obedecem a mesma ordem para os entrevistados. Para análise de dados foi utilizado o design de Ground Theory, para melhor comparação dos resultados organizacionais recolhidos, do qual emergiu um modelo que explica como as organizações identificam os seus talentos, as principais estratégias para reter os talentos e que áreas acham essenciais na eventualidade da implementação de um Departamento Autónomo de Gestão de Talentos nas organizações.
This document constitutes the dissertation thesis to be carried out in the scope of the 2nd cycle of studies in management and business strategy. The current market has become very competitive, which has led companies to understand that investing in people is a competitive advantage, would be the solution most pertinent to the organization's strategy. From way to Talent Management, it has become one of the fundamental aspects in business planning. Since many companies feel the lack of an autonomous talent management department. In this way the problem of the present thesis arose: Management of Talents - As autonomous department in the organizations. After constructing the theoretical framework that supports all the research, taking into account the problem of Talent Management - As an Autonomous Department in Organizations, we developed an exploratory study, in which the sample were professionals responsible for the Human Resources Department of three organizations. For the data collection the qualitative method was used, the structured interview instrument was used, developing a fixed list of questions that obey the same order for the interviewees and for data analysis the Ground Theory design was used to better comparing the organizational results collected, from which a model emerged that explains how organizations identify their talents, key strategies for retaining talent and what areas they find essential in the eventuality of implementing an Autonomous Talent Management Department in organizations.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/22896
Designação: Mestrado em Gestão e Estratégia Empresarial
Aparece nas colecções:UE - TDM - Teses de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de M-GEE - Carla Azevedo 50032947.pdf1,3 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.