Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/16785
Título: The role of leptin in obesity and diabetes mellitus in dog
Autor: Santos, Patrícia Isabel Cunha
Orientador: Carmo, Anália Georgina Vital
Barros, Luís Carlos Meireles
Palavras-chave: Obesity
Leptin
Insulin resistance
Obesidade
Diabetes mellitus
Leptina
Resistência à insulina
Data de Defesa: 5-Jun-2014
Resumo: Canine obesity is a serious breeding and health issue. Recent studies reported that 34-59% of dogs visiting veterinary are overweight and 5-20% are obese. Recent studies have shown that during the development of obesity there is several alterations at the cellular and molecular levels that contribute to the secretion of local and systemic molecules, called adipokines. These molecules contribute to the existence of a chronic low grade inflammatory state, to angiogenesis, to the control of appetite and satiety and to the control of the glucose and lipid metabolism. Together, these alterations may explain the reduced life span of obese animals and the development of several pathologies. One of main adipokines is leptin that plays a key role in the regulation of body weight, energy balance and feeding behaviour. Leptin is mainly regulated by adiposity, existing a positive correlation between the degree of adiposity and the plasma leptin concentration. In addition to adiposity, others factors regulate the leptin production such as insulin, glucocorticoids, endotoxin, and cytokines. Due to the contribution of leptin to the metabolism of glucose and lipids, several studies suggested that it may to establish an association between obesity, insulin resistance and ultimately diabetes. In fact, in humans the occurrence of obesity, dyslipidaemia and hypertension has been long associated to the development of insulin resistance and diabetes. However, the association between canine obesity and diabetes is not well understood, and there is no consensus whether obesity induces diabetes. Considering that obesity and diabetes reduce life span and the mechanisms underlying its development are not clearly understood, in this article we review the current knowledge on the association between obesity, diabetes and leptin.
A obesidade canina é uma grave questão de bem-estar. Estudos recentes mostram que 34-59% dos cães que visitam o veterinário têm excesso de peso e 5-20% são considerados obesos. Estudos recentes mostram que, durante o desenvolvimento da obesidade há várias alterações a nível celular e molecular que contribuem para a secreção de moléculas locais e sistémicas, chamadas adipocinas. Estas moléculas contribuem para a existência de um estado inflamatório crónico, para a angiogénese, para o controlo do apetite e saciedade e para o controlo do metabolismo da glucose e dos lípidos. Em conjunto, estas alterações podem explicar a redução do tempo de vida dos animais obesos e o desenvolvimento de várias patologias. Uma das principais adipocinas é a leptina que desempenha um papel fundamental na regulação do peso corporal, balanço energético e comportamento alimentar. A leptina é regulada principalmente pela adiposidade, existindo uma correlação positiva entre o grau de adiposidade e a concentração de leptina no plasma. Além da adiposidade, outros factores regulam a produção de leptina, tais como a insulina, os glucocorticóides, endotoxinas e citoquinas. Devido à contribuição da leptina para o metabolismo da glicose e dos lípidos, vários estudos sugerem que esta adipocina pode estabelecer uma associação entre obesidade, resistência à insulina e, finalmente, diabetes. De facto, nos humanos a ocorrência de obesidade, dislipidemia e hipertensão têm sido associados com o desenvolvimento de resistência à insulina e com a diabetes. No entanto, a associação entre a obesidade canina e diabetes não é bem compreendida, e não há consenso se a obesidade induz diabetes. Considerando que a obesidade e a diabetes reduzem o tempo de vida e os mecanismos subjacentes ao seu desenvolvimento não são claramente compreendidos, neste artigo vamos rever o conhecimento atual sobre a associação entre obesidade, diabetes e leptina.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/16785
Designação: Medicina Veterinária
Aparece nas colecções:EUVG - Dissertações do Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertaçao_Patrícia Santos.pdf909,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.