Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/15763
Título: Atender a pessoa idosa - um percurso no cuidar do idoso que vai ser submetido a um cateterismo cardíaco
Autor: Anunciação, Isabel Fernandes da
Orientador: Lopes, Maria dos Anjos Pereira
Palavras-chave: Idoso
Papel da enfermagem
Cuidar
Cateterismo cardíaco
Qualidade dos cuidados de enfermagem
Cuidados de enfermagem
Acolhimento
Data de Defesa: 2013
Editora: [s.n.]
Resumo: A Humanidade enfrenta agora, o maior dos desafios: como viver mais tempo com qualidade. As políticas de saúde têm sido desenvolvidas no sentido de inverter as altas taxas de mortalidade e morbilidade das doenças deste século, como as doenças cardiovasculares. O tratamento à doença cardíaca passa pelo aumento da angioplastia coronária percutânea como instrumento de reperfusão do enfarte agudo do miocárdio. No hospital onde excerço funções realizam-se cerca de 130 angiografias coronárias por mês a uma população constituida por 55% de idosos. A pessoa idosa abarca fragilidades tipicas do processo de envelhecimento, comorbilidades e um percurso de vida peculiar e único, que associado à doença cardiaca torna-a susceptível a internamentos prolongados e consequentemente a sequelas que reduzem a esperança e a qualidade de vida. Carecendo assim, de um profissional qualificado que seja capaz de avaliá-la na fase pré-cateterismo cardíaco, despistando complicações e diminuindo iatrogenias decorrentes deste exame. Este trabalho pretendeu mostrar um percurso piloto de mudança do real, como enfermeira prestadora de cuidados intencional e refletida, que desenvolveu competências de especialista no domínio específico de enfermagem - Saúde do Idoso, tendo em conta as respostas humanas às situações de vida e aos processos de saúde/doença. Ancorada no conhecimento teórico e na prática do ensino clinico, desenvolveu um percurso de capacitação para a função de guia/orientação/ajuda à pessoa idosa ao compreender de maneira intuitiva cada situação, com uma visão clara do problema do utente e onde o cuidar de enfermagem fez a diferença. Através de uma metodologia de resolução de problemas e fundamentando-me numa filosofia da formação em contexto de trabalho e na literatura científica, levou-se a cabo uma mudança centrada na pessoa idosa, que deixou de ser atendida de forma flutuante e com risco de negligência involuntária, passando a dispor de um atendimento de enfermagem de forma regular e sistematizada em regime de ambulatório (Momento de Orientação), garantindo assim, a segurança efectiva durante o internamento hospitalar para realizar cateterismo cardíaco bem como no regresso a casa.
Descrição: Mestrado, Enfermagem Médico-Cirúrgica - Pessoa Idosa, 2013, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/15763
Aparece nas colecções:ESEL - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
IsabelRelatórioMestradoFinal2013.pdf2,42 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.