Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/12866
Título: Da gestão intermédia à gestão de topo
Autor: Brandão, Sandra Cristina
Palavras-chave: Enfermagem
Avaliação de desempenho
Data de Defesa: 2016
Resumo: Atualmente atravessamos uma crise socioeconómica que torna a gestão dos serviços de saúde cada vez mais complexa e com contornos cada vez menos previsíveis. Este novo contexto, impõe desafios aos enfermeiros gestores e obriga à mudança, a novas visões e inovações para que sejam bem sucedidos. Neste relatório pretendeu-se descrever o percurso efetuado neste mestrado dando ênfase à importância da gestão em enfermagem e à aquisição de competências nesta área. O universo dos locais de estágio foi o CHSJ, nomeadamente o SU e a UCIPU, onde foram desenvolvidos dois projetos de intervenção de acordo com as condições e objetivos dos serviços. A passagem por estes locais, através da observação e entrevistas aos chefes e colaboradores, permitiu evidenciar as forças, fraquezas, ameaças e oportunidades de desenvolvimento dos serviços. Após o diagnóstico em cada serviço destacaram-se duas áreas: a organização do circuito do cliente como resposta ao problema Ébola, no SU; e a implementação do SIADAP, na UCIPU, comum a toda a UAG de medicina intensiva. Os dados demonstraram não existir resposta ao problema Ébola no SU, nomeadamente a nível do circuito do cliente, do conhecimento dos colaboradores e recursos matérias. Na UCIPU evidenciou-se a necessidade de obter conhecimentos sobre SIADAP, quer dos colaboradores, quer de suporte ao seu desenvolvimento. Das intervenções resultou: no SU - a organização do circuito do cliente, acriação kits e a realização de formação aos colaboradores sobre o Ébola; na UCIPU - a realização de formação sobre o SIADAP e de um dossier em formato digital de suporte legislativo. Com a realização de ambos os projetos foi possivel concluir que a sua implementação valoriza e promove a qualidade dos cuidados e a evolução da enfermagem como profissão e contribuiram, a nivel pessoal, para a aquisição de competências de gestão. Sendo importante ressalvar que um enfermeiro gestor deve ser gestor e lider para superar os desafios.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/12866
Designação: Mestrado em Direção e Chefia de Serviços de Enfermagem
Aparece nas colecções:ESEP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório de Estágio VERSÃOFINAL_DEFESA.pdf1,88 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.