O Seu Saber Ocupa um Lugar! DSpace

Repositório Comum >
IDN - Instituto da Defesa Nacional >
IDN - Revista Nação e Defesa >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/500

Título: O conhecimento científico do mar
Autor: Santos, Ricardo Serrão
Palavras-chave: Pensamento estratégico
Estratégia nacional
C&T
Investigação
Conhecimento
Recursos marinhos
Mar
Oceanos
ZEE
Ambiente
UE
Portugal
Issue Date: 2009
Editora: Instituto da Defesa Nacional
Relatório da Série N.º: 4ª Série;Nº 122 (Primavera 2009)
Resumo: Os mares e oceanos têm um papel vital para a vida do planeta Terra. Para além de fonte importante de recursos vivos, minerais e energéticos têm assegurado a reciclagem e o depósito de numerosos contaminantes com que as sociedades modernas, após a revolução industrial, vêm poluindo os ecossistemas do planeta que habitamos. Deste modo, têm vindo a adiar, mas não a eliminar, cenários de catástrofe ambientais. Os estudos actuais em ciências do mar são assim importantes não só em termos estritamente científi cos mas também dada a relevância e urgência social, económica, política e de gestão. Portugal está particularmente bem posicionado para o desenvolvimento e aplicação da investigação naquele domínio científi co. Portugal, que detém uma das maiores Zonas Económicas Exclusivas da Europa, na qual grande parte é oceano aberto e mar profundo, tem assim condições especiais, mas também obrigações para desenvolver a investigação em ciências do mar. A investigação científi ca nacional em ciências do mar, apesar de tardia no âmbito do sistema científi co mundial e nacional, tem vindo a fazer progressos acentuados em comparação com outros domínios disciplinares. Na última década, o ranking de publicações científi cas indexadas internacionalmente em domínios das ciências marinhas passou para o 13ª lugar, quando na década passada ocupava o 30ª lugar entre os diferentes tópicos identifi cados pelo portal Web of Knowledge. Neste artigo são analisados alguns dos progressos alcançados e encarado com optimismo o progresso científi co nacional para o século XXI agora que o país está dotado de uma estratégica nacional para os Oceanos, de uma estratégia nacional para o Mar e que dispõe de dois navios oceanográfi cos de alto mar e um ROV que pode explorar os oceanos até à profundidade de 6000 metros.
Arbitragem científica: yes
URI: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/500
ISSN: 0870-757X
Appears in Collections:IDN - Revista Nação e Defesa

Files in This Item:

File Description SizeFormat
NeD122_RicardoSerraoSantos.pdf273,09 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

© 2014 - REPOSITÓRIO COMUM - Comentários - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia