O Seu Saber Ocupa um Lugar! DSpace

Repositório Comum >
IDN - Instituto da Defesa Nacional >
IDN - Revista Nação e Defesa >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/500

Título: O conhecimento científico do mar
Autor: Santos, Ricardo Serrão
Palavras-chave: Pensamento estratégico
Estratégia nacional
C&T
Investigação
Conhecimento
Recursos marinhos
Mar
Oceanos
ZEE
Ambiente
UE
Portugal
Issue Date: 2009
Editora: Instituto da Defesa Nacional
Relatório da Série N.º: 4ª Série;Nº 122 (Primavera 2009)
Resumo: Os mares e oceanos têm um papel vital para a vida do planeta Terra. Para além de fonte importante de recursos vivos, minerais e energéticos têm assegurado a reciclagem e o depósito de numerosos contaminantes com que as sociedades modernas, após a revolução industrial, vêm poluindo os ecossistemas do planeta que habitamos. Deste modo, têm vindo a adiar, mas não a eliminar, cenários de catástrofe ambientais. Os estudos actuais em ciências do mar são assim importantes não só em termos estritamente científi cos mas também dada a relevância e urgência social, económica, política e de gestão. Portugal está particularmente bem posicionado para o desenvolvimento e aplicação da investigação naquele domínio científi co. Portugal, que detém uma das maiores Zonas Económicas Exclusivas da Europa, na qual grande parte é oceano aberto e mar profundo, tem assim condições especiais, mas também obrigações para desenvolver a investigação em ciências do mar. A investigação científi ca nacional em ciências do mar, apesar de tardia no âmbito do sistema científi co mundial e nacional, tem vindo a fazer progressos acentuados em comparação com outros domínios disciplinares. Na última década, o ranking de publicações científi cas indexadas internacionalmente em domínios das ciências marinhas passou para o 13ª lugar, quando na década passada ocupava o 30ª lugar entre os diferentes tópicos identifi cados pelo portal Web of Knowledge. Neste artigo são analisados alguns dos progressos alcançados e encarado com optimismo o progresso científi co nacional para o século XXI agora que o país está dotado de uma estratégica nacional para os Oceanos, de uma estratégia nacional para o Mar e que dispõe de dois navios oceanográfi cos de alto mar e um ROV que pode explorar os oceanos até à profundidade de 6000 metros.
Arbitragem científica: yes
URI: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/500
ISSN: 0870-757X
Appears in Collections:IDN - Revista Nação e Defesa

Files in This Item:

File Description SizeFormat
NeD122_RicardoSerraoSantos.pdf273,09 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE
© 2009 - REPOSITÓRIO COMUM - Comentários - Statistics