O Seu Saber Ocupa um Lugar! DSpace

Repositório Comum >
IESM - Instituto de Estudos Superiores Militares >
IESM - Centro de Recursos de Conhecimento >
IESM - CRC - CPOS - FA - Trabalhos de Investigação Individual >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/1220

Título: Integração de Sistemas de Armas na Força Aérea
Autor: Pessanha, Luís
Palavras-chave: Apoio Logístico
Fabricante
Entidade Contratada
Factores Logísticos
Full in-Service Support
Integração
Sistemas de Armas
Issue Date: 2007
Resumo: Este estudo tem como objetivo apresentar uma modalidade de apoio logístico de modo a permitir normalizar e estruturar o processo de integração de novos sistemas de armas na Força Aérea, através da identificação e caracterização dos fatores logísticos essenciais à integração e da identificação das modalidades de apoio logístico da responsabilidade da entidade contratada. A fim de se compreender toda a problemática que envolve a integração de novos sistemas de armas na Força Aérea, torna-se premente abordar o processo de aquisição de forma a torná-lo mais eficaz, com o objetivo último de o comparar e padronizar. A crescente complexidade dos equipamentos modernos exige especial atenção na identificação e caracterização dos fatores logísticos, com vista a satisfazer as necessidades logísticas e operacionais, na integração e ao longo do ciclo de vida dos sistemas de armas. Tendo em conta os constrangimentos orçamentais anuais atribuídos à sustentação dos sistemas de armas, a rotatividade e os compromissos do pessoal inerentes à condição militar, torna-se premente investigar sobre regimes de apoio logístico da responsabilidade da entidade contratada, que envolva de forma integrada o apoio técnico e de material, de forma a permitir a operação continuada dos sistemas de armas. Das modalidades de apoio logístico investigadas, conhecidas por Spares Lease Arrangement, Maintenance Service Support, e o Full In-Service Support (FISS), o regime denominado de Full In-Service Support é o que garante de forma integrada todos os serviços de 2º escalão na aeronave, 2º e 3º escalão nos equipamentos, o apoio de engenharia e toda a gestão de material a um nível de serviço adequado e à garantia de uma disponibilidade máxima da frota acordada entre a Força Aérea e a entidade contratada. Da análise efetuada, conclui-se que os contratos de apoio logístico não são uma miragem ou uma utopia. Torna-se vital que a Força Aérea celebre através de contrato, conjuntamente com a aquisição de novos sistemas de armas, o apoio à sustentação segundo o regime conhecido por Full In-Service Support, e ainda que estude e desenvolva um novo modelo de gestão de sistemas de armas na Força Aérea e uma nova doutrina de apoio. Abstract: The goal of the present study is to present a logistic support methodology in order to normalize and structure the integration process of a new fleet in the Air Force, through the identification, characterization and integration of the logistic factors deemed as essential and the identification of logistic support hypothesis provided by a contractor and his responsibility. In order to understand the problems involved in the integration process of a new fleet in the Air Force, it is necessary to connect it with the acquisition process to make it an efficient process, with the final goal to compare and padronize the process. The growing complexity of the modern equipments mandates a special attention in the identification and characterization of the logistic factors, in order to satisfy the logistic and operational needs during the fleet integration and through the life cycle. Taking into account the foreseeable annual budget constrains in the fleet management, the personal commitments and continual rotation inherent to the military condition, it is necessary to investigate in depth a contractor’s responsibilities on the several logistic support functions, including an integrated technical and material support, to allow for the continuous operation of the fleet. From all the logistic support hypothesis investigated on these study, named as “Spares Lease Arrangement”, “Maintenance Service Support” and “Full In-Service Support” the one named as “Full In-Service Support” is the one that seems to provide the most guarantees of an integrated service. This service provides for all the aircraft 2nd level maintenance and all of 2nd and 3rd levels maintenance for the components, engineering support and material management, in an adequate way in order to maximize the aircraft availability as agreed between the Air Force and the contractor. As a result of the analysis, one can conclude that the arrangement where the contractor provides for all the logistic support through a contract is neither a mirage nor an utopia. The author concludes that it is necessary for the Air Force to sign a contract included and tied to the acquisition of a new fleet, as well as the management support, as described in a “Full In-Service Support”.
Arbitragem científica: yes
URI: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/1220
Appears in Collections:IESM - CRC - CPOS - FA - Trabalhos de Investigação Individual

Files in This Item:

File Description SizeFormat
IESM2007_Luis Pessanha.pdf289,9 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

© 2014 - REPOSITÓRIO COMUM - Comentários - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia