O Seu Saber Ocupa um Lugar! DSpace

Repositório Comum >
IESM - Instituto de Estudos Superiores Militares >
IESM - Centro de Recursos de Conhecimento >
IESM - CRC - CPOS - FA - Trabalhos de Investigação Individual >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/1202

Title: Carreiras de Tiro Ar-Solo na FAP
Authors: Rosa, João
Keywords: Ambiente
Campo de tiro
Critério
Footprint
Impacte
Modelo
Requisitos
Risco
Segurança
Issue Date: 2008
Abstract: O presente estudo pretende apontar de forma sistemática os requisitos operacionais e os critérios necessários que permitam a identificação da melhor forma de selecionar um Campo de Tiro (CT) para as Forças Armadas Portuguesas. Na sequência da apresentação ao Governo, pela Confederação da Industria Portuguesa (CIP), de um novo estudo, realizado sob a coordenação do Instituto do Ambiente e Desenvolvimento (IDAD), sobre a localização do Novo Aeroporto de Lisboa (NAL) na zona do Campo de Tiro de Alcochete (CTA), entendeu aquele órgão de soberania ser premente uma apreciação mais aprofundada dessa mesma hipótese. Assim, em 12 de junho de 2007, foi mandatado o Laboratório Nacional de Engenharia Civil, I.P (LNEC) para, “…elaborar um Estudo que proceda a uma análise técnica comparada das alternativas de localização do Novo Aeroporto de Lisboa, na zona da Ota e na Zona do Campo de Tiro de Alcochete”. Em 30 de julho de 2007, o Ministério da Defesa Nacional (MDN) informou o LNEC que, quanto à possibilidade da eventual localização do NAL na zona do CTA, “…se o superior interesse nacional assim o determinar, o Campo de Tiro de Alcochete (CTA) poderá ser utilizado para implantação do Novo Aeroporto de Lisboa”. O estudo culminou com a escolha preliminar, pelo XVII Governo Constitucional da zona de Alcochete como a mais vantajosa. Perante este cenário e considerando-se que as possibilidades oferecidas por um CT são únicas e imprescindíveis a uma força aérea com capacidade de tiro, interessa iniciar uma importante e minuciosa busca por um local que possa responder às expectativas. Todos os requisitos e critérios foram identificados não só para se assegurar a manutenção de todas as valências do CTA como para acompanhar um imperativo de evolução trazido pelas novas plataformas de tiro. A investigação culminou com aquela que se considera a melhor forma de, na realidade nacional e institucional, se escolher o novo CT. Abstract: The purpose of this investigation is to identify in a systematic way all operational and environmental requirements to selecting a location for a new weapons range (WR) that can best serve the Portuguese Armed Forces. As a result of the Confederação da Industria Portuguesa (CIP) presentation of the study made under coordination of the Instituto do Ambiente e Desenvolvimento (IDAD), the government decided that the possibility of moving the Lisbon airport (NAL) to the Campo de Tiro de Alcochete (CTA) area should be considered. On the 12th of June, 2007, the government decided to order the Laboratório Nacional de Engenharia Civil, I.P (LNEC) to comparatively analyze two possibilities for the NAL: the Ota area and the CTA area. On the 30th of July, 2007, the Minister of defense (MDN) informed the LNEC that the possibility of locating the NAL in the CTA area could be accomplished if it was considered a national concern. The preliminary conclusion of this study indicates the Alcochete area is more advantageous. The possibilities offered by a WR are unique and desired by all air forces with firing capabilities. Therefore, it is essential to perform this important and indispensable search for an area that will live up to all expectations. In addition to operational requirements, this range should also be constructed in such a way to allow adaptation to new capabilities and future upgrades. Finally, this paper will describe what is considered the best way of choosing the new WR, within national limitations.
Peer Reviewed: yes
URI: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/1202
Appears in Collections:IESM - CRC - CPOS - FA - Trabalhos de Investigação Individual

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TII_CAP_JOÃO ROSA.pdf1.48 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE
© 2009 - REPOSITÓRIO COMUM - Comentários - Statistics