O Seu Saber Ocupa um Lugar! DSpace

Repositório Comum >
IDN - Instituto da Defesa Nacional >
IDN - Revista Nação e Defesa >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/1193

Título: Estratégias de participação externa dos pequenos e médios estados europeus
Autor: Nunes, Isabel Ferreira
Palavras-chave: Relações internacionais
Teoria
Política externa
Estratégia
Segurança
Cooperação
PESC
PESD
Pequenos estados
NATO (EUA, 1949)
UE (a partir de 1993)
Issue Date: 2007
Editora: Instituto da Defesa Nacional
Relatório da Série N.º: 3ª Série;Nº 118 (Outono-Inverno 2007)
Resumo: A ausência de uma definição generalizada sobre os pequenos e médios estados europeus (PMEE), considerada na primeira parte do artigo e as limitações encontradas no que respeita à identificação de estratégias de participação externa, impõem o estabelecimento de um enquadramento analítico específico, desenvolvido na segunda parte. O presente artigo identifica na literatura académica quatro lógicas de relacionamento, que condicionam a caracterização do comportamento dos PMEE, procurando no âmbito de cada uma delas generalizações sobre estratégias de adaptação às alterações internacionais, no quadro da política externa e de segurança. Na primeira secção da segunda parte é analisada uma lógica das consequências baseada na coerção e na dependência com efeito restritivo sobre o comportamento dos PMEE. Entre a segunda e a quarta secção, o artigo estuda três enquadramentos analíticos facilitadores da acção externa dos PMEE com base na: lógica da cooperação onde se observam situações de cooperação induzidas por meio de incentivos não coercivos; lógica da coordenação e adaptação em que a motivação de adesão a um objectivo externo releva da harmonização de posições e de acções externas e na lógica da adequabilidade, na qual a participação externa é moldada por princípios normativos e argumentativos. Este estudo encontra quatro lógicas relacionais a partir das quais é possível identificar estratégias de adaptação do comportamento externo dos PMEE da mais restritiva às mais facilitadoras.
Arbitragem científica: yes
URI: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/1193
ISSN: 0870-757X
Versão do Editor: http://www.idn.gov.pt/publicacoes/consulta/NeD/NeD118/NeD118.pdf
Appears in Collections:IDN - Revista Nação e Defesa

Files in This Item:

File Description SizeFormat
NeD118_IsabelFerreiraNunes.pdf523,12 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

© 2014 - REPOSITÓRIO COMUM - Comentários - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia