O Seu Saber Ocupa um Lugar! DSpace

Repositório Comum >
IESM - Instituto de Estudos Superiores Militares >
IESM - Força Aérea >
IESM - FA - Artigo em Revista Científica Internacional com Arbitragem Científica >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/1132

Título: Operações em Rede: Contributos para o Seu Estudo
Autor: Vicente, João
Palavras-chave: Operações Centradas em Rede
NATO Network Enabled Capability
consciência situacional
NNEC
Issue Date: 2007
Editora: Air and Space Power Journal
Relatório da Série N.º: 2º Trimestre 2007;
Resumo: Nesta época de Revolução nos Assuntos Militares, dominada pelo superior domínio da informação, a adopção de uma estratégia de Operações Centradas em Rede (OCR) será, da perspectiva da North Atlantic Treaty Organization (NATO), um requisito essencial para obtenção dos efeitos desejados. Os princípios subjacentes a esta doutrina estão a ser desenvolvidos e testados sob a forma de capacidades centradas em rede, procurando obter conhecimento rapidamente “accionável” assente na qualidade e partilha de informação. Este princípio serve de alicerce para uma Transformação da NATO, sustentando um processo contínuo de inovação e integração de novos conceitos, doutrina e capacidades, visando um aumento de eficácia e interoperabilidade das forças, num ambiente em constante mudança. A consecução deste desiderato está alicerçada no conceito NATO Network Enabled Capability (NNEC), capacidade crítica que sustenta os objectivos transformacionais das operações futuras. A informação é utilizada para compreender a realidade circundante, estabelecer decisões sobre o que nos afecta e medir os resultados das nossas acções. A chave do sucesso corresponde ao uso de informação precisa, de um modo mais rápido do que o nosso adversário, comprimindo o ciclo OODA. Com base na superioridade de decisão é possível dominar o espaço de batalha, contribuindo para os efeitos desejados. ABSTRACT In the dawn of the new era of Revolution in Military Affairs, dominated by the superior domain of the information, the adoption of a Network Centric Operations strategy will be, in the perspective of NATO, an essential requirement to achieve the desired effects. The underlying assumptions of this doctrine are being developed and tested as network centric capabilities, trying to achieve actionable knowledge made possible by collaboration and information sharing. This serves as foundation for the Transformation of NATO, sustaining a continuous process of innovation and integration of new concepts, doctrines and capabilities, seeking to increase the effectiveness and interoperability of the forces, in a constant changing atmosphere. The achievement of this end state is the objective for the NATO Network Enabled Capability concept, as a critical capacity that sustains the transformational objectives of the future operations. The information is used to understand the surrounding reality, to establish decisions on what affects us, and to measure the results of our actions. The key to the success lies on the use of relevant information, in a faster way than our opponent, compressing the OODA cycle. The achievement of the decision superiority allows the possibility to dominate the engagement space, thus contributing to the desired effects.
Arbitragem científica: yes
URI: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/1132
Versão do Editor: http://www.airpower.maxwell.af.mil/apjinternational/apj-p/2007/2tri07/vicente.html
Appears in Collections:IESM - FA - Artigo em Revista Científica Internacional com Arbitragem Científica

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Operações em rede contributos para o seu estudo.pdf349,22 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE
© 2009 - REPOSITÓRIO COMUM - Comentários - Statistics