Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9864
Título: Surdez associada à idade: resultados preliminares
Autor: Chora, Joana
Matos, Tiago
Arguello, Patricia
Fialho, Graça
Caria, Helena
Palavras-chave: Surdez associada à idade
presbiacúsia
susceptibilidade genética para a presbiacusia
Data: Jul-2015
Editora: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal
Citação: Chora, J., Matos, T., Argüello, P., Fialho, G., & Caria, H. (2015). Surdez associada à idade: Resultados preliminares. In A. Pereira, A. Â. Vasconcelos, C. Delgado, C. G. Silva, F. Botelho, J. Pinto, ... M. P. Alves (Eds.), Entre a teoria, os dados e o conhecimento (III): Investigar práticas em contexto: [Seminário de investigação], 171-180.
Resumo: A presbiacúsia ou perda auditiva relacionada com a idade (ARHL) é a alteração sensorial mais comum nos idosos, afectando milhões de pessoas no mundo e contribuindo para o seu isolamento social e uma consequente diminuição da qualidade de vida. A ARHL está associada a um amplo espectro de causas ambientais e genéticas, e a consequências de carácter cognitivo e psicossocial. A susceptibilidade genética relaciona-se com o facto de existirem genes associados com a predisposição para a perda auditiva em função da idade, sendo estes genes importantes ao nível do metabolismo oxidativo ou do genoma mitocondrial, por exemplo. A susceptibilidade genética associada à ARHL implica que esta condição não seja considerada como inevitável, mas sim considerada como uma doença complexa, com possível tratamento e prevenção. A população idosa vai continuar a aumentar em todo o mundo, em consequência do aumento da esperança média de vida, sendo pois necessário pensar na saúde auditiva como um aspecto vital para a qualidade de vida do cidadão idoso, daí a importância dos estudos na área da ARHL. O objetivo geral deste estudo é a identificação de fatores epidemiológicos e etiológicos associados à presbiacúsia numa amostra de indivíduos idosos da população Portuguesa. O recrutamento de voluntários tem contado com o apoio da rede EnvelheSeres e várias outras instituições, mas o predomínio da colaboração de instituições do distrito de Setúbal, pela implantação da ESS/IPS, tem sido importante. Os resultados preliminares serão discutidos na perspectiva da saúde auditiva em Portugal, com enfoque na amostra de Setúbal, sendo que na globalidade espera-se contribuir para uma melhor abordagem clínica e uma melhor prevenção da perda auditiva, promovendo uma cultura de saúde auditiva nos idosos com vista a garantir uma melhor qualidade de vida e inclusão do cidadão idoso na sociedade por redução do seu isolamento e efeitos adversos daí resultantes.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9864
Aparece nas colecções:IPS - ESS - DCBM - Capítulos em livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
SURDEZ ASSOCIADA À IDADE.pdf255,31 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.