Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9825
Título: O portefólio como instrumento de avaliação reguladora
Outros títulos: um estudo no 1º ciclo na área de matemática
Autor: Castanheira, Susana Portásio
Orientador: Pinto, Jorge
Palavras-chave: Avaliação formativa
Portefólio
Desenvolvimento de competências
Regulação da prática pedagógica
Assessment
Portfolio
Skills development
Regulation of teaching practice
Relatório de projeto de investigação
Relatório de estágio
Data de Defesa: Jun-2015
Resumo: O conceito de avaliação para a aprendizagem corresponde a uma perspetiva que vê a avaliação como parte integrante da aprendizagem. Contudo, no contexto pedagógico as práticas da avaliação continuam ainda muito ligadas ao uso da avaliação como uma medida, que nada contribuem para o sucesso dos alunos. O estudo desenvolvido teve por objetivo uma mudança de práticas avaliativas pela introdução de uma nova forma de usar a avaliação e perceber as suas vantagens e constrangimentos. Além disso, também se pretendeu compreender que competências a utilização do portefólio em Matemática permite desenvolver nos alunos. O presente estudo teve como participantes 19 alunos de uma turma de 2.º ano, onde decorreu o 3º momento de Estágio do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1.º Ciclo. O mesmo tem por base uma abordagem qualitativa com uma metodologia próxima da Investigação-Ação. Os dados foram recolhidos através da observação participante, entrevistas, conversas de explicitação, análise documental e inquérito por questionário. A análise de dados foi realizada por meio da análise de conteúdo. A análise das reflexões dos alunos revela que não há uma única razão para os alunos selecionarem as tarefas que mais aprenderam ou que mais dificuldades tiveram, sendo que as suas escolhas encontram-se relacionadas com diferentes factores e pelo significado que cada aluno atribui à aprendizagem num determinado momento. No que concerne às suas vantagens, a análise dos dados permitiu verificar que ao longo do tempo a utilização do portefólio em Matemática foi um instrumento valioso para a regulação da prática pedagógica e contribuiu para o desenvolvimento de competências ao nível da autonomia, responsabilidade, organização, reflexão, autoavaliação e autorregulação. Como constrangimentos foram identificadas dificuldades ao nível da interpretação das reflexões dos alunos e o tempo disponibilizado diariamente na análise de portefólios. Em suma, a introdução de uma nova forma de usar avaliação, permitiu que a avaliação fosse usada como parte integrante da aprendizagem e da regulação da prática pedagógica.
The concept of assessment for learning corresponds to a perspective that sees the evaluation as an integral part of learning. However, in the pedagogical context, evaluation practices are still very connected to the use of evaluation as a measure, which does not contribute to the success of students. The main objective of the present study was a change of practice by introducing a new way to use the assessment and realize its advantages and constraints. It was also intended to understand what skills the use of the portfolio in Mathematics allows to develop in students. This study involved 19 second grade students that belonged to my trainee class in the framework of the Masters in Preschool Education and First Cycle Teaching of Basic Education. The study is based on a qualitative approach with a methodology close to Action-Research. The data were collected through participant observation, interviews, explicit conversations, document analysis, and questionnaire survey. The data analysis was done through analysis of content. The analysis reveals that it does not exist just one reason for students to select the tasks where they learned the most or had more difficulties. Their choices are related to different factors and the meaning that each student attributes to learning at a given moment. Regarding the advantages, the data analysis has shown that over time the use of the portfolio in Mathematics was a valuable tool for regulating the teaching practice and contributed to the development of skills in terms of autonomy, responsibility, organization, reflection, self-assessment and self-regulation. As constraints, were identified difficulties in the interpretation of the students reflections and the in the time available daily for the analysis of portfolios. In summary, the introduction of a new way to apply the assessment allowed the use of evaluation as an integral part of learning and teaching practice.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9825
Designação: Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico
Aparece nas colecções:IPS - ESE - SDI - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Proj_susanacastanheira_Vfinal.pdf3,95 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.