Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9797
Título: Sustentabilidade ambiental e económica da bovinicultura leiteira da Sub-região Alto Alentejo
Autor: Pinto, Alcídio Feiteira
Orientador: Nunes, José Manuel Rato
Fangueiro, David Paulo
Palavras-chave: Bovinicultura leiteira
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade económica
Sub-região Alto Alentejo
Data de Defesa: 2012
Resumo: Este trabalho teve por objectivo caracterizar e descrever com maior rigor e detalhe a bacia leiteira da Sub-região Alto Alentejo, realizando balanços de nutrientes à escala da exploração para identificar problemas de gestão de nutrientes e propor soluções. Para realizar o balanço de nutrientes (azoto (N), fósforo (P) e potássio (K)) foi efectuada a recolha de dados através de um inquérito realizado a 24 explorações agrícolas da bacia leiteira em estudo. Em todas as explorações as principais entradas foram os alimentos concentrados e as forragens, enquanto as principais e únicas saídas foram o leite e a carne. Os concentrados, representam 56,4% das entradas totais de azoto, 54,6% das entradas totais de fósforo e 34% das entradas totais de potássio nas explorações. As forragens representam 31% das entradas totais de azoto, 42% das entradas totais de fósforo e 65% das entradas totais de potássio nas explorações. Os balanços de nutrientes N, P e K por unidade de leite produzido, por unidade agrícola de área útil e por unidade de medida pecuária são positivos (indicativo de excesso) em todas as explorações, excepto uma das explorações que apresenta um balanço negativo de P ou défice de P para os três parâmetros utilizados nos cálculos. As explorações que apresentam elevados excessos de nutrientes N, P e K são explorações com menores recursos endógenos, área útil insuficiente e as menos evoluídas tecnologicamente. Os resultados mostram que os excessos de nutrientes N, P e K por unidade agrícola de área útil variam entre 35 e 996 kg N ha-1, entre -2 e 155 kg P ha-1 e entre 10 e 607 kg K ha1.Por unidade de produção de leite os excessos de nutrientes N, P e K variam entre 1,3 e 41,2 kg N Mg-1, entre -0,1 e 5,4 kg P Mg-1 e entre 0,4 e 22,1 kg K Mg-1). Por CN os excessos de nutrientes N. P e K variam entre 14 e 526 kg N CN-1, entre -1 e 86 kg P CN-1 e entre 5 e 298 kg K CN-1.
This study aimed to characterize and describe with greater accuracy and detail the dairy industry Sub region Alentejo, performing nutrient balances on the scale of operation to identify nutrient management problems and propose solutions. To achieve the balance of nutrients (nitrogen (N), phosphorus (P) and potassium (K)) was conducted a collect of data through a survey of 24 dairy farms in the basin under study. In all farms the main entries were concentrated feed and fodder, while the main and only outputs were milk and meat. The concentrates represent 56.4% of the total input of nitrogen, 54.6% of the total input of phosphorus and 34% of the total input of potassium on farms. Forages represent 31% of the total input of nitrogen, 42% of the total input of phosphorus and 65% of the total input of potassium on farms. The balance of nutrients N, P and K per unit of milk produced per unit floor area of agricultural and livestock unit of measure are positive (indicative of excess) in all farms, except a farm which has a negative balance of P or a P deficit for the three parameters used in the calculations. Farms that have high excesses of nutrients N, P and K are smaller farms with indigenous resources, insufficient floor area and less advanced technologically. The results show that the excess of nutrients N, P and K per unit area of agricultural useful range between 35 and 996 kg ha-1, -2 and 155 kg ha-1 and P between 10 and 607 kg K ha1.By each milk production unit the excesses of N, P and K ranging between 1.3 and 41.2 kg Mg-N 1, between -0.1 and 5.4 kg Mg-R 1 and between 0.4 and 22 1 kg Mg K-1). By CN the excess nutrients N. P and K ranging between 14 and 526 kg N CN-1 -1 to 86 kg P CN-1, and between 5 and 298 kg CN K-1.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9797
Designação: Mestrado em Agricultura Sustentável
Aparece nas colecções:IPP - ESAE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese de mestrado correção final.pdfDocumento Principal1,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.