Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9796
Título: Optimização da fileira do Olival na Herdade de Alcobaça
Autor: Peneda, Alfredo José Félix
Orientador: Rodrigues, Francisco Luís Mondragão
Dias, Susana Saraiva
Palavras-chave: Olival
Azeite
Fileira do Olival
Picual
Lagar
Data de Defesa: 2010
Resumo: Com vista a optimizar a fileira do olival da Herdade de Alcobaça, situada na freguesia de São Vicente e Ventosa (Elvas), estudou-se a exploração agrícola, caracterizando os 398,53 ha de olival, descrevendo as técnicas culturais utilizadas entre 2004 e 2008, analisando quantidade e qualidade de azeitona produzida nos olivais e a quantidade e qualidade do azeite obtido no lagar da Herdade, que tem uma linha de laboração com capacidade para 100 t/dia. Em termos gerais, verifica-se que a fileira do olival na Herdade de Alcobaça tem um bom funcionamento. A maioria dos 10 olivais, onde predomina a variedade Picual, tem boas produções (de 5.000 a 7.000 kg/ha), estão implantados de forma correcta (204 árvores/ha em 7 x 7 m) e são conduzidos de maneira aceitável, executando muitas práticas referidas nas normas da Produção Integrada. O funcionamento do lagar está afinado, dando resposta em tempo adequado à transformação da campanha (que atingiu perto de 2.400.000 kg de azeitona e quase 350.000 kg de azeite, em 2005/2006), obtendo-se azeites de qualidade reconhecida, com uma imagem de marca estabelecida no mercado, e por isso, sem dificuldades de comercialização. No entanto, detectaram-se determinadas situações ou processos que podem ser alterados/melhorados, de forma a reduzir custos e/ou aumentar a produtividade (e logo as receitas), preservando ou melhorando a gestão dos recursos naturais e reduzindo os impactes ambientais de determinadas operações da fileira. Por isso, apresentam-se 9 propostas de melhoria a aplicar nos olivais e no lagar que, se foram realizadas, trarão melhorias substanciais no funcionamento da empresa, incrementando a sustentabilidade da fileira do olival na Herdade de Alcobaça.
In order to get the best of Olive plant row of Herdade de Alcobaça, situated in freguesia de S.Vicente e Ventosa (Elvas), the agricultural exploration was studied and the 398,53ha of olives characterized, through the description of planting techniques used between 2004 and 2008; quantity and quality of olives produced in the fields were also analysed as well as the oil obtained in the olive press of the Herdade, which has an assembly line of production of 100t/day. Generally speaking, the row of olive plants in Herdade de Alcobaça has a good functioning. Most of the 10 olive fields where the “Picual” variety dominates, have a good production (from 5000 to 7000km/ha); they are correctly implanted (204 trees/ha in 7x7m) and are in an acceptable way, executing many of the practices refered in the norms of integrated production. The functioning of the olive press is correct, giving an answer in the adequated time to transformation (which reached almost 2.400.000kg of olives and 350.000kg of oil, in 2005/2006); thus obtaining quality olive oils, well accepted in the market, and so, without any commercial difficulty. However, some situations or processes were observed that can be improved, in such a way as to reduce the costs and/or increase the productivity (and consequently the profits), improving this way the natural resources and reducing the environmental impact. So, 9 proposals are presented to apply to the olive press, which if they are properly done, will bring substantial improvements on the functioning of firm, developing the sustainability of the row of the olive plants in Herdade of Alcobaça.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9796
Designação: Mestrado em Agricultura Sustentável
Aparece nas colecções:IPP - ESAE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Alfredo.pdfDocumento Principal2,68 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.