Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9728
Título: A rotura artificial de membranas como estratégia para acelerar o trabalho de parto : que pertinência?
Autor: Seca, Diana Bárbara
Palavras-chave: Amniotomia
Trabalho de parto
Data de Defesa: 2014
Resumo: O presente relatório pretende descrever o processo de aquisição e desenvolvimento de competências do Enfermeiro especialista em enfermagem de saúde materna e obstétrica, ao longo do estágio clínico realizado no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos. Privilegia uma síntese critico-reflexiva nas áreas de cuidados na gravidez, trabalho de parto, parto e pós-parto. O suporte legal é sustentado pelo regulamento do 2º ciclo de estudos da Escola Superior de Enfermagem do Porto, que contempla as Competências de Cuidados Especializados definidas pela Ordem dos Enfermeiros. Assim, são apresentados e fundamentados, nas diferentes áreas, os saberes utilizados na área clinica bem como a atividade diagnostica e respetivas intervenções que consideramos mais adequadas, prestadas à mulher/ casal e sua família, tendo por base a evidência científica mais atual. No sentido de demonstrar como podemos ser consumidores e produtores de resultados de investigação, apresentamos um estudo sob a metodologia de uma revisão integrativa da literatura, acerca da pertinência, eficácia e riscos da amniotomia para a evolução do trabalho de parto, pois dado a frequência da sua realização, a reflexão acerca da sua pertinência se revelou de interesse significativo para problematizar neste estágio. Apresentam-se onze estudos acerca da técnica da amniotomia, que estão, maioritariamente, de acordo com a sua eficácia na indução e/ou aceleração do trabalho de parto. No entanto, embora estatisticamente não relevantes, são apresentados concomitantemente riscos como aumento da taxa de cesariana, alterações no índice de Apgar, aumento do risco de infeção materno-infantil, entre outros. Tendo estes resultados como base, conclui-se que outros estudos devem ser feitos, nesta área, de forma a contribuir para intervenções e condutas adequadas face às necessidades em cuidados especializados e individualizados, de acordo a cultura e vontade da parturiente e a sua singularidade como pessoa.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9728
Designação: Mestrado em Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia
Aparece nas colecções:ESEP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório Final Diana Seca.pdfDocumento principal917,35 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.