Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9727
Título: O processo de aquisição de competências e o efeito de hidroterapia na redução dos partos medicalizados
Autor: Moreira, Victória
Palavras-chave: Hidroterapia
Parto
Data de Defesa: 2014
Resumo: Para a obtenção do grau de mestre na área da Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica, foi realizado um estágio profissionalizante, estando subjacente ao mesmo a elaboração de um projeto de estágio que visa explanar a aquisição e desenvolvimento de competências específicas, visando dar resposta ao que é regulamentado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto e pela Ordem dos Enfermeiros e dar cumprimento ao Regulamento n.º 127/2011 do Diário da República, 2.ª série – N.º 35 de 18 de Fevereiro de 2011, com o objetivo de cumprir as diretivas condicionantes à obtenção do título de enfermeiro especialista, sustentadas na diretiva de 2005/36/CE do Parlamento Europeu e do Conselho de 7 de Setembro de 2009, transposta para direito interno, lei nº 9/2009, de 4 de Março, que determina as diretrizes para a obtenção do título de Enfermeiro Especialista em Saúde Materna e Obstetrícia (EESMO). Por intermédio deste projeto de estágio, pretendeu-se demonstrar as capacidades profissionais e específicas do EESMO, na prestação de cuidados à mulher com uma gravidez com complicações, em trabalho de parto e parto, de baixo e alto risco e no pós-parto, de forma a promover a sua saúde e adaptação da mesma à gravidez e ao processo de doença, transição e adaptação à parentalidade. Recorrendo a saberes previamente adquiridos e ao desenvolvimento de novos, através da pesquisa contínua de evidências científicas, assegura-se assim, a excelência na prestação de cuidados. Tendo por base o conhecimento de que a investigação é uma componente importante e indissociável da enfermagem, este projeto de estágio possibilitou o desenvolvimento de competências na área da investigação, problematizando numa área de interesse para a prática do EESMO. A componente de investigação que compõe este relatório de estágio, como foi acima referido, permite a excelência dos cuidados prestados, entendendo que é este o ponto de partida na formação do EESMO. O incentivo à utilização de técnicas alternativas ao alívio da dor favorece o cuidado humanizado às mulheres em trabalho de parto. Assim, considero de X extrema importância a necessidade da formação de elementos construtivos para melhorar as condições e experiências das gestantes com o parto. A escolha da hidroterapia (HIT) como tema a desenvolver no projeto de investigação, prendeu-se com o interesse pessoal em utilizar esta técnica no âmbito profissional, com o objetivo de humanizar o parto e diminuir o número de partos medicalizados. Apenas com o conhecimento holístico da HIT como técnica no alívio da dor é possível implementá-la na prática. O modelo de assistência à mulher em trabalho de parto, preconizado pela obstetrícia mais tradicional tem tentado resolver-se através da medicação e das intervenções humanas, que muitas vezes são classificadas como intervenções não naturais. Atualmente têm surgido novas investigações, que exploram a vertente natural do parto, uma prática que por vezes não é utlizada em Portugal. No entanto, existe evidência que relata os benefícios da HIT durante o processo de maternidade, especificamente no trabalho de parto. Sendo assim, e com base na evidência científica, é importante fornecer esta informação para que esta prática seja utilizada. A metodologia consiste na realização de uma revisão integrativa da literatura. Integra a análise qualitativa de artigos com nível de evidência I, II e III indexados nas bases de dados CINAHL Plus with full text, Cochrane Database of Systematic Reviews, através da plataforma EBSCO host, e o Bracken Web. Os resultados obtidos permitem-nos concluir que a Hidroterapia é uma prática segura quando utilizada no trabalho de parto e parto e permite a redução do número de partos medicalizados.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9727
Designação: Mestrado em Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia
Aparece nas colecções:ESEP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_FINAL.pdfDocumento principal892,75 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.