Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9537
Título: Desenvolvimento da competência de autocuidado da pessoa com ostomia de eliminação intestinal : validação do formulário
Autor: Pinto, Igor
Palavras-chave: Ostomia de eliminação intestinal
Competências de autocuidado
Enfermagem
Data de Defesa: 2014
Resumo: Desenvolvimento da Competência de Autocuidado da Pessoa com Ostomia de Eliminação Intestinal: Validação do Formulário No processo de ensino/aprendizagem para capacitar a pessoa para o autocuidado, o enfermeiro assume um papel significativo no atendimento a pessoas portadoras de ostomia, em especial na identificação das suas necessidades. Este estudo de investigação surgiu com os objetivos de validar o formulário “Desenvolvimento da competência de autocuidado da pessoa com ostomia de eliminação intestinal”, assim como descrever essa mesma competência numa amostra de 225 pessoas do norte do país, portadoras de ostomia ou a aguardar a sua confeção. Trata-se de um estudo quantitativo e metodológico para validação de um instrumento de medida, escrito na língua original e ainda um estudo observacional, descritivo e transversal, onde a variável principal é a competência de autocuidado. No estudo das propriedades psicométricas realizámos o estudo da fidelidade recorrendo à consistência interna, à fidelidade interjuízes e ao teste das duas metades. A análise da validade de constructo foi efetuada utilizando o teste da correlação entre os vários domínios da escala, a análise dos componentes principais e a validade convergente-descriminante dos itens. Para terminar o estudo das propriedades métricas, avaliamos a sensibilidade clínica do instrumento considerando algumas variáveis secundárias, nomeadamente o tipo de ostomia quanto à duração, a existência de prestador de cuidados e os anos de escolaridade. Após a realização dos testes, concluímos que o formulário é um instrumento válido e fiável, no qual podemos assumir como rigorosos os dados recolhidos com a sua aplicação. Considerando o segundo objetivo, comprovamos que este estudo contribuiu para um maior conhecimento da competência de autocuidado da pessoa à ostomia e verificamos que a amostra demonstrou uma competência parcial para esse autocuidado. No entanto, nos domínios da Interpretação e da Tomada de Decisão, a demonstração é inferior, sendo os domínios que apresentam scores médios mais baixos. O presente instrumento mostrou assim ser uma ferramenta vantajosa para um processo de diagnóstico de enfermagem mais rigoroso, completo e personalizado.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9537
Designação: Enfermagem Médico-Cirúrgica
Aparece nas colecções:ESEP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Igor_Pinto_Dissertacao_Mestrado_Porto_2014.pdf3,74 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.