Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9472
Título: Formação de Assistentes Operacionais com funções de ação educativa, suas atitudes e práticas educativas: um contributo para a educação inclusiva
Autor: Santos, Dora Isabel Henriques Aranha dos
Orientador: Freire, Sofia
Palavras-chave: Formação profissional
Assistentes Operacionais com funções de Ação Educativa
Inclusão
Práticas inclusivas
Training
Assistants Operating functions of Educational Action
Inclusion
Inclusive Practices
Data de Defesa: 2013
Resumo: Nos últimos anos, em Portugal assiste-se a um aumento de crianças com Necessidades Educativas Especiais (NEE) a frequentar o ensino regular. Nesta perspetiva a inclusão de crianças com NEE no ensino regular transformou-se numa mudança complexa porque, tendo como objetivo melhorar a vidas das crianças, fez com que os estilos de vida e comportamentos de indivíduos se alterassem. Neste sentido, este estudo tem como objetivo de compreender as perspetivas das Assistentes Operacionais com funções de Ação Educativa em relação à sua formação, às suas atitudes face à inclusão de crianças com NEE nas salas do Jardim-de-infância. A investigação é de natureza qualitativa, optou-se por utilizar como método de recolha de dados a entrevista. Os participantes deste estudo foram Educadoras de Infância e Assistentes Operacionais com funções de Ação Educativa de uma Instituição Particular de Solidariedade Social. Os resultados mostram que as Assistentes Operacionais com funções de Ação Educativa desempenham as suas funções de forma insegura devido à falta de formação profissional. Revelam ainda, uma preocupação face à educação inclusiva com crianças com NEE.
In the last years, in Portugal, the number of children with NEE attending the regular teaching has increased. In this perspective, the inclusion of children with NEE in the regular teaching, being the goal to improve children’s life, caused a complex change in the lifestyle and behavior of individuals. In this sense, this study has the purpose to understand the perspectives of the Educative Action Assistants concerning their learning, their attitudes before the inclusion of children with NEE in the classrooms of Kindergartens. The investigation has qualitative nature, and the interview has been the method of collecting data. The participants of this study are Infancy Teachers and Educative Action Assistants of a Private Institution of Social Solidarity. The results show that the Educative Action Assistants perform their tasks in an insecure way due to the short of professional learning. This study reveals also a concern before inclusive education with children with NEE.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9472
Designação: Mestrado em Necessidades Educativas Especiais – Área de Especialização em Cognição e Motricidade
Aparece nas colecções:ISEC - EE - Mestrado em Necessidades Educativas Especiais - Área de Especialização em Cognição e Motricidade

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE FINAL.pdf400,92 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.