Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9241
Título: Factores que influenciam as estratégias de coping dos pais no processo de transição para a parentalidade
Autor: Reis, Paula Fernanda
Palavras-chave: Parentalidade
Estratégias de Coping
Transição para a parentalidade
Intervenções de enfermagem
Data de Defesa: 2011
Resumo: O processo de transição para a parentalidade é um evento marcante na vida dos pais. Implica mudanças e reestruturação na sua vida, em toda a dinâmica familiar. Esta alteração exige uma resposta adequada dos pais de forma a fazer efectivamente a sua transição para a parentalidade. Neste processo, os pais utilizam as estratégias de coping adequadas naquela situação específica, como forma de adaptação e até mesmo de remover os agentes causadores de stresse, adquirindo competências para cuidar do seu filho. Com este estudo pretendemos compreender quais os factores que influenciam as estratégias de coping dos pais no processo de transição para a parentalidade. Foram definidos os seguintes objectivos: - Identificar as estratégias de coping dos pais no seu processo de transição para a parentalidade; - Identificar os factores que influenciam as estratégias de coping dos pais no seu processo de transição para a parentalidade; - Propor um modelo de intervenção dos enfermeiros facilitador do processo de adaptação para a transição para a parentalidade. Deste modo foi desenvolvido um estudo qualitativo, com a finalidade de perceber quais os factores responsáveis por desencadearem situações potencialmente causadoras de stresse que actuam nas estratégias de coping adoptadas pelos pais na transição para a parentalidade. Após a identificação das estratégias de coping averiguamos que os factores: idade da mãe, suporte social, o choro, a alimentação e o sono do bebé, influenciam a adopção dessas estratégias. Consequentemente, propusemos um modelo de intervenção dos enfermeiros facilitador do processo de transição para a parentalidade. Factores que influenciam as estratégias de coping dos pais no processo de transição para a parentalidade 2011 Paula Reis A construção deste modelo teve como padrões conceptuais a American Academy of Pediatrics (AAP), a Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP) e os fundamentos da vigilância da saúde das crianças da Direcção-Geral da Saúde (DGS). Este modelo consiste num plano de intervenção de enfermagem. Este plano é definido em parceria com os pais, sendo delineadas as intervenções de enfermagem e as actuações dos pais. Desta forma serão minimizados os factores causadores de stresse e promovida a adopção de estratégias de coping eficazes. Este plano está sujeito a avaliação e deve ser revisto sempre que os seus propósitos não resultem em satisfação e ganhos em saúde. No nosso estudo participaram dez Pais, que vivenciaram a parentalidade pela primeira vez, tendo sido usada a entrevista semi-estruturada para a colheita de dados. Foi aplicado o questionário de “Estratégias de Coping” para a identificação das estratégias usadas pelos pais. Com a leitura dos dados, foi-nos permitido fazer a caracterização dos participantes. Na apresentação de resultados, verificamos a relação de factores como a idade da mãe, o suporte social, o choro, a alimentação e o sono do bebé, definidos a priori, como agentes delineadores na adopção de estratégias de coping pelos Pais, no processo de transição para a parentalidade. O conhecimento da influência desses factores na parentalidade permite aos enfermeiros a prestação de cuidados personalizados à família, contribuindo para uma diminuição das situações geradoras de stresse e consequentemente permitirá que a transição para a parentalidade seja realizada em equilíbrio perfeito. Palavras-Chave: Estratégias de Coping; Intervenções de Enfermagem; Transição para a Parentalidade.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9241
Designação: Mestrado em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria
Aparece nas colecções:ESEP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE PAULA REIS.pdf662,7 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.