Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/9137
Título: O capitalismo: o obstáculo à educação enquanto projeto adiado de emancipação humana
Autor: Pinheiro, Augusto
Palavras-chave: Capitalismo
Educação
Marxismo
Teoria psicanalitica
Capitalism
Education
Marxism
Psychoanalytic theory
Data: 2013
Editora: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal
Resumo: As posições enunciadas neste artigo fundam-se, de forma clara e inequívo-ca, nas interpretações radicais de duas teorias da suspeição: a marxista (Karl Marx, Gregory Lukäcs e Guy-E. Debord), e a psicanalítica – as posi-ções teóricas de certas correntes psicanalíticas politicamente implicadas (e.g. Quarto Grupo). O texto inicia-se com uma retrospetiva crítica de século e meio da ordem social capitalista. Esta primeira secção inclui quatro partes: a) enquadra-mento genérico da dominação capitalista; b) crítica dos capitalismos de mercado e de estado; c) as expectativas desaparecidas dos anos 60 do sécu-lo XX; d) crítica das últimas aventuras da “democracia” neoliberal. Estabelecida esta crítica global do capitalismo, seguem-se alguns comentá-rios relativamente aos retrocessos registados nas três últimas décadas no pensamento académico, sendo conferido especial destaque ao cerco orga-nizado em torno da teoria marxista radical e da teoria psicanalítica. Seguidamente, são explorados alguns dos dilemas e vicissitudes que amea-çam inviabilizar definitivamente o projeto de emancipação educativa na sociedade capitalista. Em corolário, são consideradas algumas modalidades de pensamento, de resistência e de contestação na intervenção dos docentes e dos formadores, que permitam criar aberturas e organizar ações pedagógicas que se prestem à denúncia, resistência e contestação da mistificação alienante capitalista.
Critical positions exposed along this article are sustained by two of the three theo-ries of suspicion: a) Marxist theory (Karl Marx, Gregory Lukäcs e Guy-E Debord); b) Psychoanalytical theory, some trends of political implicated psychoa-nalysis (e.g. the Fourth Group). The article stars with a critical review of a hundred and fifty years of capitalist domination. This first part includes four sections: a) generic theoretical framework of capitalist forms of domination; b) a critical account of market and state capital-ism; c) the lost hopes of the sixties of last century; d) critical account of recent adventures of neoliberal “democracy”. Based on this broad picture of capitalism, some comments will be sketched con-cerning the academic theories along the last thirty years, mainly in what concerns invectives against radical Marxism and psychoanalyses. Follows an analyses of some dilemmas which seems to definitely threat education emancipatory interventions. Teachers may furnish students with means allowing them, in order to denounce, resist and fight capitalist alienation.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/9137
ISSN: 1647-3078
Versão do Editor: http://mediacoes.ese.ips.pt/index.php/mediacoesonline/article/view/57
Aparece nas colecções:IPS – ESE – IPS - ESE - Revista Mediações - Vol. 2, No. 1
IPS - ESE - DCSP - Artigos científicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O capitalismo - pp. 64-78.pdf297,64 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.