Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/8463
Título: Educação, trabalho e família nos discursos femininos produzidos no âmbito do processo de qualificação da população adulta portuguesa
Autor: Morgado, Helena Isabel Carrilho
Orientador: Mogarro, Maria João
Palavras-chave: Mulheres
educação
trabalho e família
reconhecimento de adquiridos experienciais
métodos autobiográficos
Women
education
work and family
recognition of the acquired experiential learning
autobiographical methods
Data de Defesa: Dez-2011
Resumo: O trabalho que se apresenta situa-se na fronteira de dois domínios do conhecimento: o da Formação de Adultos, mais concretamente na área do Reconhecimento de Adquiridos Experienciais e o das Histórias de Vida. Inspira-se, ainda, no que tem vindo a ser escrito no campo científico dos estudos sobre mulheres. O objecto de estudo recai sobre a análise de histórias de vida produzidas por mulheres que frequentaram o processo de reconhecimento, validação e certificação de competências, no sentido de se conhecerem e relacionarem os seus itinerários escolares, profissionais e familiares com vista a uma melhor compreensão do significado e importância que estas atribuem à escola/educação/aprendizagem na construção do seu percurso pessoal e profissional e do seu papel na sociedade. Considerando a natureza do estudo, privilegiou-se uma abordagem qualitativa, optando-se pela análise de conteúdo do corpus documental da investigação: os documentos escritos de teor autobiográfico de 12 mulheres, produzidos no âmbito do Processo RVCC com o objectivo de validar competências a partir das experiências de vida mais significativas nos contextos pessoal, formativo, escolar, profissional e social. As protagonistas das histórias de vida são mulheres nascidas entre os anos de 1953 e 1970, residentes no distrito de Portalegre e que desenvolveram processos de RVCC, de nível básico ou secundário, entre 2007 e 2009, num dos seguintes Centros Novas Oportunidades: o da Escola Superior de Educação ou o da Escola Básica 2,3 José Régio, ambos situados na cidade de Portalegre. Os resultados demonstram a pertinência das histórias de vida como dispositivos de formação e de investigação, tendo sido possível compreender a vida destas mulheres a partir dos seus próprios relatos sobre as experiências da infância, da juventude e da idade adulta, na família, na escola e no mundo do trabalho. Estes relatos são janelas abertas sobre a sociedade do seu tempo e sobre o país em que viveram.
The investigation work presented is situated on the border of two areas of knowledge: the Adult Education, specifically in the area of the acquired experiential learning, and the Life Stories. It is also inspired on what has been written concerning the scientific field of women's studies. The object of the study is settled on the analysis of life stories produced by women who have attended the process of recognition, validation and certification of skills. The main goal is to meet and relate their own school, work and family itineraries in order to achieve a better understanding of the meaning and importance they have attributed to the school, education and learning processes in the construction of their own personal and professional paths, as well as their role in society. Considering the nature of the study, a qualitative approach was privileged, opting for the content analysis of the documentary corpus of research: the written autobiographical content of twelve women, produced within the RVCC process, with the purpose of validating skills, gained throughout their more meaningful life experiences produced in their personal life, training, school, vocational and social areas. The protagonists of the life stories are women born between the years 1953 and 1970, residents in the district of Portalegre and that developed RVCC processes, of elementary or secondary levels between 2007 and 2009, in one of the following New Opportunities Centres: Escola Superior de Educação or Escola Básica 2,3 José Régio both located in the city of Portalegre. The results show the relevance of life stories as training and investigation devices, making possible to understand the life of these women from their own reports on the experiences of childhood, youth and adulthood, in the family, at school and at work. These reports are open windows on the society of their time and about the country in which they lived.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/8463
Aparece nas colecções:IPP - ESE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Helena Isabel Carrilho Morgado.pdf744,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.