Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/8397
Título: Redes Comunitárias de Animação Sociocultural a partir dos Centros de Dia e Lares da Terceira Idade
Autor: Balola, Tânia Isabel Rodrigues
Orientador: Bento, Avelino
Data de Defesa: Set-2010
Resumo: A constituição dos actores locais como protagonistas de mudanças (o protagonismo local); a articulação entre organização/cooperação e aprendizagem/conhecimento; o fomento ao trabalho integrado em redes; a inclusão de gerações mais idosas no território de novos padrões socioculturais; a criação de novos espaços públicos de decisão e gestão; finalmente, a busca de sustentabilidade dos processos locais. São todos pontos importantes a serem discutidos nesta investigação. Perceber e propor situações constitui uma referência temática para a implementação de redes. Neste sentido interessa perceber se existem redes, ou não, e qual a importância da sua existência para o desenvolvimento local integrado. Desde a segunda metade dos anos noventa desenha-se um ambiente que envolve, entre outros traços gerais, a constituição de espaços ampliados de articulação, o debate e formulação em torno do tema, o exercício de estratégias de apoio ao desenvolvimento local e a emergência de iniciativas sob o enfoque do desenvolvimento local. O que torna as redes desejáveis e possíveis, ou mesmo necessárias? Dois aspectos, aparentemente contraditórios, que podem ser identificados no período actual. Por um lado, a diversidade: realização de múltiplas iniciativas e formulações em torno do desenvolvimento local, a partir de actores diversos, com dinâmicas e características próprias. Por outro lado, o isolamento, ou seja, informações e conhecimentos que pouco se integram e se falam nas instituições. Deste modo e avaliando a situação de cada comunidade do interior alentejano podemos, por um lado, perspectivar este estudo a partir dos lares e centros de dia da terceira idade visto a população, na sua maioria, ser envelhecida e, por outro lado, serem estas instituições capazes de envolver de uma forma mais globalizada a comunidade. A proposta é a de criar redes comunitárias de Animação Sociocultural, com parcerias locais, tendo em conta o lar ou centro de dia como entidade promotora ou organizadora destas redes, promovendo estratégias e dinâmicas culturais de desenvolvimento local a partir das vontades e desejos dos idosos e através da participação activa de todos os actores locais.
The local performers as protagonists of change; the articulation between organisation/cooperation and learning/knowledge; the fomentation of integrated work and nets; the creation of new socio-cultural patterns in the territory; the creation of new public spaces of management and decision search for local places of sustainability are all important issues to be discussed in this investigation. Understanding and suggesting situations constitutes a thematic reference to a net implementation. Therefore, it is necessary to understand if there are nets or not, and which is the importance of its existence to the local integrated development. A scenery has been designed since the second half of the 90s, which involves the constitution of large spaces of articulation, debate on the topic, strategies and initiatives for the local development. What makes the nets desirable, possible and even necessary? Two aspects, which seem contradictory, can be identified in the present period. On one hand there is diversity: multiple initiatives and formulations related to the local development, from diverse performers with their own dynamic and characteristics. On the other hand there is isolation. By this is meant information and knowledge, which is little integrated and spoken in the institutions. So, evaluating the situation in each community from the interior of Alentejo, we can perspective this study from the point of view of nursery homes and elderly centres, because the population is in its majority old and those are the institutions which are capable of involving the community. The suggestion is creating communitarian nets of socio-cultural entertainment with local partners, being the elderly centres responsible for organizing these nets, by promoting strategies and cultural dynamics of local development based on the interests of the elderly, in which all the local performers may take part in an active way.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/8397
Aparece nas colecções:IPP - ESECS - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tânia Isabel Rodrigues Balola.pdf2,37 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.