Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/8276
Título: Prática do tiro no serviço territorial: Contributos para um novo modelo
Autor: Cordeiro, João
Palavras-chave: Criminalidade
Formação
Guarda nacional Republicana
Serviço Territorial
Prática de tiro
Data: 1-Jul-2011
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: A qualidade dos serviços prestados pela Guarda Nacional Republicana depende em muito da qualidade da formação ministrada aos seus militares. Num período em que a actuação das Forças e Serviços de Segurança se pretende da maior eficiência possível, contra uma criminalidade em constante evolução, os militares da GNR necessitam de estar mais e melhor preparados para usar a arma de fogo. O objectivo deste estudo consiste em investigar que contributos são passíveis de serem prestados à prática de tiro no serviço territorial. A metodologia da parte teórica baseia-se na análise documental existente, enquanto que na parte prática, se recorreu ao método hipotético-dedutivo, ou de verificação de hipóteses, e ao método inquisitivo, através da realização de entrevistas e de inquéritos por questionário. A análise conjunta das entrevistas e dos inquéritos originou resultados que dão a conhecer a opinião dos vários intervenientes no estudo. Chegámos à conclusão que os normativos que regulam a prática do tiro no serviço territorial necessitam de ser adaptados e tornados exequíveis, a fim de serem passíveis de serem cumpridas as suas disposições em todo o dispositivo. Concluiu-se ainda que existem métodos que podem contribuir para a inovação da qualidade da formação prestada aos militares da GNR. Propõe-se uma adequação dos normativos que regulam a prática de tiro, bem com o a maior disponibilização de recursos logísticos e financeiros, de forma a dotar os militares da GNR de uma formação de maior qualidade.
Abstract The quality of services provided by the Guarda Nacional Republicana strongly depends on the quality of training provided to its police officers. In a time when the performance of the Security Forces and Services are required with the highest possible efficiency, against criminals which are in permanent evolution, the GNR military police officers need to be more and better prepared to use firearm s. This study’s aim is to investigate which contributions are likely to be provided for the shooting practice in the territorial service. The methodology of the theoretical part is based on the analysis of the existing documents, while for the practical part a hypothetical-deductive method was used, along with the inquisitorial method, through interviews and questionnaire surveys. Through the interviews and surveys joint analysis results it was possible to achieve several points of view from the stakeholders in study. We came to the conclusion that the legislation which regulates the shooting practice in the operational service needs to be adapted and made more feasible, in order to be complied with its provisions. It was also concluded that there are methods t hat can contribute to innovate the quality of formation provided to the GNR military police officers. It is proposed an adequacy of the legislation which regulates the shooting practice, as well as more availability of logistical and financial resources, in order to provide the GNR military police officers with a higher quality formation.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/8276
Aparece nas colecções:AM - CM - VS - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
INF-579-João Cordeiro.pdf1,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.