Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/8264
Título: A valência Explosive Ordnance Disposal na Guarda Nacional Republicana
Autor: Grácio, Ricardo
Palavras-chave: Explosivos
Explosive Ordnance Disposal
Guarda Nacional Republicana
Equipas
Data: 1-Ago-2011
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: O recurso a engenhos explosivos por parte de organizações terroristas tem constituído um modus operandi frequente que, pelo seu efeito devastador, representa uma ameaça séria à segurança das pessoas e dos seus bens. Desde o início da campanha revolucionária na Irlanda do Norte em 1970, os meios e métodos utilizados em ataques terroristas sofreram actualizações constantes, aumentando o seu potencial destruidor. As forças de inactivação de engenhos explosivos devem hoje, mais do que nunca, dispor dos recursos necessários para fazer face a esta ameaça. O presente Trabalho de Investigação Aplicada aborda as Equipas de Inactivação de Engenhos Explosivos da GNR, visando identificar os factores de desempenho de uma força EOD, compreender a situação actual das equipas ao nível dos seus recursos e analisar o seu modelo de implantação territorial. O trabalho encontra-se dividido em duas partes que reflectem as diferentes fases da investigação. Na secção teórica definem-se conceitos importantes relacionados com a valência EOD, procede-se a uma descrição do ambiente em que as equipas EOD operam, do seu espectro de actuação e dos factores de desempenho, seguida de uma explicação sobre a Inactivação de Engenhos Explosivos da GNR. A segunda parte, eminentemente prática, inclui o trabalho de campo desenvolvido, a análise dos resultados obtidos através de entrevistas e inquéritos e, finalmente, as conclusões e recomendações da investigação. Concluiu-se que o modelo de implantação territorial das equipas não é adequado e que a redução e centralização das equipas constitui uma mais-valia para o seu funcionamento.
Abstract The resort to explosive devices in terrorist acts has become a frequent modus operandi, which poses a serious threat to people and their properties. Since the haunting days of the revolutionary campaign in Northern Ireland in 1970, the means and methods used in terrorist acts have undergone major developments not only in complexity but also in its havoc potential. Nowadays, EOD teams must possess the necessary resources to face this menace. This applied research makes an approach to the GNR EOD teams, in order to identify the important performance factors in EOD teams, to perceive the team’s current situation regarding its resources and an analysis of the current territorial implantation model in order to determine if it is adequate. The work is organized in two parts, which reflect the different stages of the investigation. The theoretic section defines important EOD related concepts and provides a description of the environment in which EOD teams operate, their mission details and an identification of its most important performance factors followed by a presentation about the GNR’s EOD service. The second part is mainly practical and comprises the fieldwork developed, an analysis of the results obtained through interviews and enquiries and, finally, the conclusions and recommendations of the investigation. The investigation revealed that the current team organization model is not adequate and that the reduction and centralization represent an added value to the EOD’s team performance.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/8264
Aparece nas colecções:AM - CM - VS - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
INF-446-Ricardo Grácio.pdf49,47 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.