Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/8126
Título: Arquitectura doméstica de Louis I. Kahn (1951-1974)
Autor: Millán Seráns, Manuel Antonio
Orientador: Viana, David Leite
Palavras-chave: Arquitetura doméstica
Louis I. Kahn (1901-1974)
Data de Defesa: 13-Abr-2011
Resumo: Na década de 1940, arquitectos como Louis I. Kahn, juntamente com outros autores seus contemporâneos, introduziram no Movimento Moderno o tema da "monumentalidade" - expressão divergente da do modernismo funcionalista então estabelecido, o qual havia relegado a arquitectura doméstica para planos secundários. A partir do final da 2.a Guerra Mundial, no âmbito de um outro contexto sociopolítico, fica evidente que as bases do Movimento Moderno de pendor funcionalista eram insuficientes enquanto resposta e expressão da sociedade então emergente. O arquitecto Louis I. Kahn (que até então havia focado o seu empenho profissional predominantemente centrado no desenvolvimento de arquitectura residencial funcional) entende que este enquadramento conceptual e de vocabulário arquitectónico não permitia já a cabal expressão de ideias não apenas vinculadas à racionalidade, mas também ao empirismo e ao pragmatismo, que começavam a marcar o contexto teórico de revisionamento do Movimento Moderno. O reconhecimento destas novas circunstâncias fez com Kahn redireccionasse os seus esforços no sentido do desenvolvimento de projectos monumentais e institucionais - obras que acabariam por definir a trajectória projectual deste arquitecto, estabelecendo-o enquanto figura-chave para a História da Arquitectura Moderna. A valorização outorgada à sua carreira centra-se ainda, principalmente, sobre as obras de carácter institucional, educativo, governamental, religioso ou cultural, sendo dado particular protagonismo a edifícios que reúnam aspectos de "lugar de encontro" ou de cariz "monumental". Esta atenção para com projectos de maior escala não implicou, por parte de Kahn, a cessação do desenvolvimento de projectos domésticos - continuou a desenhar esta arquitectura ao mesmo tempo que consolidava uma linguagem própria para as suas obras monumentais. A perspectiva, quase exclusiva, que se centra na consubstanciação dos projectos de grande escala de Kahn, como se verifica comummente até à actualidade por parte da teoria e da crítica da arquitectura, tem limitado percepções mais amplas e plurais do trajecto profissional deste arquitecto, revelando antes uma evolução com múltiplos "saltos" de linguagem e sensibilidade - promovendo-se assim uma percepção fragmentada do percurso trilhado por Kahn ao longo da sua produção teórica e prática. Esta tese propõe estudar a Arquitectura Doméstica de Louis I. Kahn (1951-1974), a partir dos tempos que passou na “American Academy” em Roma, até à sua morte. O estudo põe a questão se se pode considerar os seus projectos domésticos como precursores da linguagem dos seus projectos de maior escala (monumentais e institucionais). A partir deste objectivo central, a dissertação explora as obras domésticas que "preenchem" os vazios da produção teórica e tectónica do arquitecto, com a intenção de se estabelecer um vínculo directo e precursor entre os projectos de menor escala e os de maior escala. Dá-se, assim, resposta à problemática transversal à dissertação, para além de se incrementar o reconhecimento da Arquitectura Doméstica deste autor através da análise crítica dos casos-de-estudo - revalorizando a arquitectura de pendor doméstico de Kahn como chaves para compreender o seu pensamento e percurso projectual.
Abstract: In the decade of the 1940’s, architects like Louis I. Kahn, along with other contemporaries, initiated the Modern Movement based on “monumentality”, a divergent movement form the established functionalist modernism, that relegates residential architecture (that had achieved it maximum impetus during the prewar period) to occupy a second rank. Towards the end of World War II, confronted with a new social-political context, it became evident that the basis of the modern functionalist movement did not lend answers to the necessities of expression of the emerging society. Kahn, who had up to this time dedicated his career predominantly to the development of functional residential architecture, came to realize that this vocabulary was unable to express the transcendent ideas that the new context demanded. This realization caused Kahn to redirect his efforts towards monumental and institutional projects, projects that undoubtedly define his professional career as well as establish his importance as a key figure in the history of modern architecture. In this manner, the main focus, and consequently the value given to Kahn’s works, centers upon projects of institutional, educational, governmental, religious or cultural character; giving particular relevance to projects that include aspects of “place of gathering” or are of “monumental” character. This focus towards large scale projects did not however imply the cease in the designing of domestic projects for the architect, whom continued to develop this architecture while formalizing the vocabulary used for his monumental works. The focus that has centered, almost exclusively, upon the developments of Kahn’s large scale projects, as has been done up until now, limits a perception of his work as an evolution with multiple jumps in language and sensibilities, a fragmented perception of the evolution of this architect. In this context, this thesis proposes a study of the Domestic Architecture of Louis I. Kahn (1951-1974), encompassing Kahn’s domestic projects from the beginning of his mature career, after his fellowship at the American Academy in Rome, until his death. The study proposes to explore if the domestic, smaller scale, projects of the architect can be considered precursors in the language of his large scale, monumental and institutional projects. With this objective, the study will distinguish the domestic projects that fill the voids of the theoretical and tectonic evolution of the architect, with the intent of establishing a direct and precursory link between these works and those of larger scale, and, in so doing, incrementing their visibility and recognition through the critical analysis of each project of this study, revaluing these works as key projects in the comprehension of the architect’s evolution.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/8126
Designação: Mestrado Integrado em Arquitectura e Urbanismo
Aparece nas colecções:ESG - MIAU - Dissertação de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
manuel_antonio_millan_serans_dissertacao.pdfDocumento principal64,6 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.