Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/8113
Título: Outsourcing: Moda ou instrumento de criação de valor? O caso da frota automóvel da GNR
Autor: Marques, Pedro
Palavras-chave: Guarda Nacional Republicana
Manutenção da Frota Automóvel
Outsourcing
Data: 1-Ago-2010
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: O mundo organizacional encontra-se em constante mutação e alteração e, cada vez mais, é imperativo que as organizações alterem os seus modelos tradicionais de gest ão, de modo a poderem evoluir acompanhando, assim, esta mudança. A preocupação sistemática da GNR para uma melhor afectação de recursos na actividade operacional tem vindo a ser significativa ao longo dos anos, devido ao escasso número de militares nesta mesma área. Surge, então, a necessidade da adopção do outsourcing, como uma ferramenta de controlo de gestão. Esta adopção deve-se, principalmente, à falta de efectivo na actividade principal da GNR e às restrições orçamentais impostas por parte do Estado. O outsourcing caracteriza-se como sendo a contratação, com organismos externos à instituição, de uma função ou serviço. Teoricamente, apresenta várias vantagens, tais como: a libertação de recursos das actividades contratadas, possibilitando a concentração de recursos na sua actividade principal, redução dos custos, etc. O principal objectivo deste trabalho é identificar as vantagens e os inconvenientes da adopção, pela GNR, do outsourcing para a manutenção da frota automóvel. O outsourcing na manutenção das viaturas da GNR tem vindo a aumentar ao longo dos tempos. Actualmente, muitos Comandos optam por esta modalidade para a manutenção das viaturas, no entanto não se encontra nada normalizado com se deve proceder. Este trabalho divide-se em duas partes fundamentais. A primeira contempla o enquadramento teórico e aborda a manutenção das viaturas na GNR. A segunda parte reporta-se ao trabalho de campo, contemplando a análise e discussão dos resultados e as respectivas conclusões do trabalho. A metodologia adoptada baseia-se em análise documental, realizaram-se inquéritos por questionário e entrevistas a amostras diferentes com intuito de obter uma percepção mais alargada do tema em estudo. Chegou-se, por fim, à conclusão que o outsourcing é mais vantajoso para a manutenção das viaturas da GNR, no entanto não devemos aniquilar todas as nossas valências. Deverão haver oficinas, ainda que em número reduzido, para fazer face a situações pontuais a que as oficinas civis não consigam dar resposta. Propõe-se um estudo aprofundado sobre o tipo de procedimento que deveria ser feito para a aquisição das viaturas segundo o modelo de outsourcing (Leasing. ALD, AOV, etc.)
Abstract The organizational world is changing and changing and, increasingly, it is imperative that organizations change their traditional models of management, so that they can evolve following, so this change. The systematic concern of the GNR for a better allocation of resources in the operational activity has been significant over the years due to the small number of troops in that area. Then comes the need for adoption of outsourcing as a tool of management control. This adoption is due mainly to lack of effective in the main activity of the GNR and the budgetary restrictions imposed by the state. Outsourcing is characterized as hiring, with bodies external to the institution of a function or service. Theoretically, it presents several advantages, such as the release of resources for activities contracted, allowing the concentration of resources on its core business, cost reduction, etc.. The main objective of this study is to identify the advantages and disadvantages of the adoption by the GNR, outsourcing the maintenance vehicle fleet. Outsourcing the maintenance of the vehicles of the GNR has been increasing over time. Currently, many opt for this mode commands for the maintenance of vehicles, however there is nothing to standard should be done. This work is divided into two main parts. The first covers the theoretical framework and addresses the maintenance of the vehicles in the GNR. The second part refers to field work, covering the analysis and discussion of results and findings of the work. The methodology is based on documentary analysis, there were questionnaire surveys and interviews with different samples with a view to obtaining a broader understanding of the topic under study. It turned finally to the conclusion that outsourcing is more advantageous for the maintenance of the vehicles of the GNR, but we should not destroy all our skills. Will be workshops, albeit in reduced numbers, to deal with specific situations that garages civilians are unable to respond. It is proposed that a detailed study of the type of procedure that should be made for the purchase of vehicles under the outsourcing model (Leasing. ALD, AOV, etc.).
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/8113
Aparece nas colecções:AM - CM - VS - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Adm-734-Pedro Marques.pdf2,43 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.