Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/8091
Título: O Poder da Opinião Pública
Autor: Martinho, Luís
Palavras-chave: Guarda Nacional Republicana
Opinião Pública
Meios de Comunicação Social
Imagem
Jornalistas
Data: 1-Mar-2009
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: Vivemos numa época em que a livre circulação de informação e o fácil acesso à comunicação influencia indubitavelmente os comportamentos individuais e institucionais, neste caso específico da Guarda Nacional Republicana. Partindo desta premissa, o presente Trabalho de Investigação Aplicada que se subordina ao tema "O Poder da Opinião Pública" tem como intuito perceber em que medida o poder da opinião pública é entendido e consciencializado pelos comandantes operacionais da Guarda Nacional Republicana, e verificar se existem diferenças de percepção em função da categoria profissional a que pertencem. O trabalho está dividido em duas partes distintas. A primeira parte inicia-se com uma fase exploratória, clarificando o estado da questão. Esta fase possibilita o levantamento de algumas perguntas e hipóteses de investigação. Aqui abordaram-se os principais conceitos relacionados com o tema. A segunda parte reporta-se à recolha de dados através da aplicação de questionários, onde o tratamento dos dados com recurso às aplicações informáticas SPSS e Microsoft Excel Office 2007, possibilita responder às perguntas de investigação e verificar as hipóteses enunciadas. Após a análise de dados conclui-se que os comandantes operacionais têm consciência do poder da opinião pública e da importância em conhecer as suas necessidades e expectativas. Contudo verificamos que existem diferenças de percepção que variam consoante a categoria profissional. Foi ainda possível concluir que a maioria dos comandantes operacionais não possui formação no âmbito da comunicação social, para que possam estar aptos e seguros na sua relação com os jornalistas e consequentemente em responder às necessidades dos públicos.
Abstract We live in a time in which the free flow of information and easy access to communication undeniably influences individual and institutional behaviors, and, in this particular case, the National Republican Guard. On this premise, this work‟s goal, entitled "The Power of Public Opinion", is to understand how the power of the public opinion is understood and interpreted by the operational commanders of the National Republican Guard, and to test if there are perception differences depending on the category to which these belong. The work is divided into two parts. The first part begins with an exploratory phase, to further clarify the core of the subject. In this stage, some questions and hypotheses are raised. Addressed here are the main concepts related to this matter. The second part deals with the collection of data through the use of inquiries, in which the data obtained, processed using SPSS software and Microsoft Office Excel 2007, allows to answer the questions raised and to verify the listed hypotheses. After the data analysis, it is concluded that the operational commanders are aware of the power of public opinion and of the importance of their needs and expectations. However, there are differences of perception that vary according to the professional category. It was also possible to conclude that most of the operational commanders do not have training regarding how to handle the media, so as to be ready and secure in their interaction with journalists and thus to respond to the needs of the public.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/8091
Aparece nas colecções:AM - CM - VS - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
cd_Asp_Martinho_O Poder da Opinião Pública.pdf1,69 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.