Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/7436
Título: Stress e Engagement em situações de pressão. O caso do Centro de Tropas Comandos
Autor: Faria, Tiago
Palavras-chave: Stress
Engagement
Felicidade Subjetiva
Comandos
Data: 1-Jun-2014
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: A saúde mental dos subordinados é cada vez mais uma preocupação dos comandantes. É neste pressuposto que assenta esta investigação, mais especificamente, nos assuntos relacionados com o stress, engagement, felicidade subjetiva e desempenho. Posto isto, decidimos focalizar o nosso estudo em dois cursos de Comandos e em militares comandos que se encontram no ativo perfazendo um total de 144 militares participantes no estudo. Estes militares responderam a um inquérito por questionário com o objetivo de perceber qual o impacto do curso de Comandos nos militares em estudo e em particular nos níveis do stress, engagement, felicidade subjetiva e desempenho por eles sentidos. Verifica-se que os militares que terminaram com sucesso o curso de Comandos apresentavam níveis mais altos de vigor e dedicação e níveis mais baixos de preparação militar no momento em que iniciaram o curso do que no final. É também possível perceber que os militares que terminaram com sucesso o curso apresentavam níveis mais altos de vigor e dedicação que os militares que desistiram do curso. No decorrer do nosso estudo verificou-se ainda a existência de relações baixas e moderadas mas com níveis de significância aceitáveis da variável stress com o vigor, dedicação, absorção, felicidade e preparação militar. Não poderia ser descorado do nosso estudo o rendimento dos militares tendo em vista perceber como o poderíamos aumentar, assim verificamos que existem relações moderadas do rendimento militar com o vigor, dedicação, absorção e preparação física. O comandante é a pessoa que mais se preocupa com o bem-estar dos seus subordinados. Com base neste pressuposto decidimos incluir também no nosso estudo a variável felicidade podendo concluir-se que se relaciona a um nível moderado/alto com o vigor, dedicação, absorção, rendimento militar e preparação física.
Abstract The mental health of the subordinates is increasingly a concern of commanders. This investigation lies on that assumption, more specifically, on issues related to stress, engagement, happiness and performance. That said, we have decided to focus our study on two Comando courses and on comando soldiers still in active duty, in a total of 144 soldiers taking part in our study. These soldiers answered a questionnaire survey that aimed to understand the impact of the Comando course on the soldiers in question, and the level of stress, engagement and subjective happiness and performance they felt. We have found that the soldiers who have successfully completed their Comando course showed higher levels of vitality and dedication, and lower levels of military preparedness at the time they started the course than at the end. We have also realized that those who successfully completed the course showed higher levels of vitality and dedication than those who dropped out. In the course of our study, we also found low and moderate level relationships, but with acceptable levels of the variable stress, with vitality, dedication, assimilation, happiness and military preparedness. Our study could not have ignored the yield of soldiers since our aim was also to find ways of increasing it. We have found evidence that military yield is moderately related to vitality, dedication, assimilation and physical condition. Based on the assumption that the commander is the person who cares most about the well-being of its subordinates, we have decided to include in our study the variable happiness. We can conclude that the relationship between this variable and vitality, dedication, assimilation, military yield and physical condition is moderate/high.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/7436
Aparece nas colecções:AM - CM - CHCM - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
EXE INF 335 Tiago Faria.pdf1,24 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.