Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/7348
Título: Da Formação (Integrada) nos Cursos de Ordem Pública
Autor: Santos, Sara
Palavras-chave: GNR
Ordem Pública
Cursos
Formação conjunta
Data: 1-Ago-2014
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: No âmbito da segurança interna, o Estado tem como prioridade a garantia da ordem, da segurança e da tranquilidade públicas. Neste sentido, emerge a atribuição de missões de manutenção e restabelecimento da ordem pública às Forças de Segurança. Enquadrada neste tipo de missões, a GNR possui capacidade para atuar em agrupamento, ou seja, com uma força única constituída por militares com especializações distintas, nomeadamente, de infantaria, de cavalaria e de cinotecnia. A formação é um fator essencial para a aquisição de conhecimentos e competências, promovendo o desenvolvimento pessoal e organizacional. Neste contexto, surge a presente investigação subordinada ao tema “Da formação (integrada) nos cursos de ordem pública” que tem como principal objetivo identificar as vantagens e as desvantagens da adoção de um sistema de formação conjunta nos cursos de ordem pública. O presente relatório encontra-se estruturado em três partes fundamentais, nomeadamente, a parte teórica, a parte prática e a parte conclusiva. Na primeira é efetuada a revisão da literatura, de seguida na parte prática são apresentados, analisados e discutidos os resultados obtidos com as técnicas de recolha de dados utilizadas, designadamente, a análise documental e a aplicação de entrevistas. Estes instrumentos permitiram dar resposta às questões e verificar as hipóteses colocadas no início do trabalho. A conceção de um sistema de formação conjunta permitiria a criação de doutrina no que diz respeito ao empenhamento das três valências aptas a desempenhar missões de manutenção e restabelecimento da ordem pública, melhorando ainda a coordenação e articulação, a interoperabilidade entre as mesmas, bem como a aquisição de conhecimento por parte de cada uma das forças das potencialidades e vulnerabilidades das restantes. Desta forma, as dificuldades identificadas através do estudo efetuado das duas operações analisadas, designadamente, da operação no IC 2 e da EURO 2004, e dos treinos conjuntos, poderiam ser minimizadas, salvaguardando as partes específicas de formação de cada uma das forças.
Abstract In the context of internal security, the state has, as a priority, to guarantee order, security and public tranquility. The Security Forces are assigned missions of maintenance and restoration of public order. In such missions, the GNR has the capacity to work in a group, ie, as a single force, composed of military personnel with different specializations, including infantry, cavalry and cinotecnia. Training is an essential factor for the acquisition of knowledge and skills, promoting personal and organizational development. In this framework, comes the presente investigation under the theme Integrated Training Courses for Public Order. This aims to identify the advantages and disadvantages of adopting a system of joint training courses in public order. This research is structured in three main parts, namely, the theoretical part, the practical part and the conclusive part. The first part contains a review of the literature. The second part analyzes and discusses the results with the data collection techniques used, namely, document analysis and interviews. These instruments gave us the answers to questions and enabled us to verify the assumptions made at the beginning of the work. The design of a system of joint training would allow the creation of doctrine, with regard to the engagement of the three able forces to perform in missions of maintenance and restoration of public order while improving coordination and joint interoperability between these forces, as well as acquisition of knowledge by each of the forces of the potentialities and vulnerabilities of others. Thus, the difficulties identified by the study performed of the two operations examined, namely, the operation in the IC 2 and EURO 2004, and joint training, could be minimized while safeguarding the specific parts of training of each of the forces.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/7348
Aparece nas colecções:AM - CS - CJ - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
GNR 352 Sara Santos.pdf6,11 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.