Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/7254
Título: A Defesa Antiaérea de infra-estruturas críticas. O caso do Novo Aeroporto de Lisboa
Autor: Ferreira, João
Palavras-chave: Ameaça
Artilharia Antiaérea
Infra-Estruturas críticas
Sistema de Defesa Aérea Nacional
Novo Aeroporto Lisboa
Data: 1-Mai-2010
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: O presente estudo tem por objectivo avaliar as capacidades da Artilharia Antiaérea Portuguesa na defesa de infra-estruturas críticas. Orienta-se segundo um conjunto de propostas, tanto a nível das necessidades de reequipamento, como através da forma como esta protecção deverá ser executada. Inicialmente procedeu-se à análise de diferentes conceitos, com intuito de adquirir um conhecimento mais abrangente sobre o tema em questão. Nomeadamente, explorou-se o conceito de infra-estrutura crítica e o trabalho que tem vindo a ser realizado na protecção das mesmas, o conceito de ameaça, que permitiu compreender as principais ameaças aéreas, das quais se destacam os Mísseis Balísticos Tácticos, Mísseis Cruzeiro, Aeronaves Não Tripuladas, Foguetes, Artilharia, Morteiros e ainda a actual ameaça Renegade. Após uma avaliação da ameaça, procurou analisar-se o Sistema de Defesa Aérea Nacional, dado que as unidades que o constituem terão a responsabilidade de efectuar a protecção de infra-estruturas críticas. Assim, foi possível constatar que as unidades de Artilharia Antiaérea em Portugal não apresentam capacidades para integrar este sistema, essencialmente derivado da inexistência de um sistema de Comando e Controlo, que permite estabelecer comunicação com o actual Sistema de Defesa Aérea Nacional. Posteriormente, procedeu-se a uma análise das necessidades ao nível de equipamento e ainda a uma avaliação de procedimentos utilizados na defesa de infraestruturas críticas, finalizando esta análise com uma proposta possível de Defesa Antiaérea do Novo Aeroporto de Lisboa. Com base nas reflexões acerca da temática e como conclusões da mesma, destacase o facto de, actualmente a Antiaérea Portuguesa não apresentar capacidade suficiente para garantir uma protecção adequada face ao actual espectro de ameaças. Para o conseguir torna-se essencial a aquisição de um Sistema de Comando e Controlo, e ainda a necessidade de aquisição de meios de defesa aérea de média e grande altitude, para permitir dotar a Artilharia Antiaérea de capacidades que lhe permitam ter um papel activo nesta protecção.
Abstract The goal of this study is to assess the ability of the Portuguese Anti-Aircraft Artillery to defend critical infrastructures. It is set out in line with a series of proposals, both regarding the need to reequip the resources and regarding how this protection should be carried out. The first step was to analyse the different concepts involved, so as to acquire broader knowledge of the topic in question. Special focus will be given to the concept of critical infrastructures and what has been done to protect them, which has enabled the main air threats to be understood, especially Tactical Ballistic Missiles, Cruise Missiles, Unmanned Aircraft, Rockets, Artillery, Mortars and also the current Renegade threat. After appraising the threats, an effort is made to analyse the National Air Defence System, through the units that comprise it and which are responsible for protecting the Critical Infrastructures. As such, it was possible to confirm that the Anti-Aircraft Artillery units in Portugal do not have the capacity to integrate this system, essentially because of the lack of a Command and Control system that establishes communication with the current National Air Defence System. Subsequently, an analysis was carried out of the equipment needs. The procedures used to defend the critical infrastructures were also assessed. This analysis ends with a possible Anti-Aircraft defence proposal for the New Lisbon Airport. Based on these reflections, the conclusions drawn up highlight the fact that Portuguese Anti-Aircraft system currently has a shortfall in capacity and is therefore unable to guarantee suitable protection against today’s spectrum of threats. As such, the acquisition of a Command and Control System is essential, as is the need to acquire the means of medium and high altitude air defence, to endow the Anti-Aircraft Artillery with the capacity to play an active role in this protection.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/7254
Aparece nas colecções:AM - CM - OM - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A_Defesa_.pdf3,27 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.