Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/7253
Título: Implementação e emprego do Sistema Automático de Comando e Controlo. Implicações
Autor: Felizardo, Fábio
Palavras-chave: Apoio de fogos
Sistema Automático de Comando e Controlo
Advanced Field Tactical Data System
Elemento de Apoio de Fogos
Data: 1-Mai-2010
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: O Sistema Automático de Comando e Controlo é uma ferramenta fundamental pois permite fazer a integração do Apoio de Fogos no Campo de Batalha bem como uma melhor sincronização do mesmo com as restantes unidades por meio de quatro subsistemas: o Advanced Field Artillery Tactical Data System; o Forward Observer System; o Battery Computer System e o Gun Display Unit – Replacement. Estes permitem a condução da Direcção do Tiro de Artilharia de Campanha pois equipam os órgãos que executam as várias tarefas de planeamento, coordenação e execução do Apoio de Fogos. O presente trabalho procura dar a conhecer quais as implicações da utilização do sistema, mais concretamente no Elemento de Apoio de Fogos do Batalhão ou escalão equivalente, onde é utilizado o Advanced Field Artillery Tactical Data System no que concerne às tarefas de planeamento durante a fase de preparação, comunicações, organização e responsabilidades do pessoal que constituem o Elemento de Apoio de Fogos. Tendo em vista a compreensão do leitor procurou-se, numa primeira fase, dar a conhecer quais os procedimentos aplicados pelo Exército Americano numa perspectiva manual, bem como a organização e responsabilidades dos vários elementos que constituem o órgão. A segunda parte dá a conhecer como esses mesmos procedimentos manuais são efectuados em Portugal, bem como as responsabilidades e organização no órgão. Numa terceira fase temos a apresentação do Sistema Automático de Comando e Controlo e os seus subsistemas, dando a conhecer a finalidade de cada um e de que forma contribuem para a integração do Apoio de Fogos. A análise das implicações do Sistema no Exército Americano é feita numa quarta parte, dando a conhecer ao leitor as mudanças que sofreu o órgão ao nível da organização e responsabilidades de cada um dos elementos. Na quinta fase é feito o estudo de como é aplicado o Sistema Automático de Comando e Controlo em Portugal, mais concretamente no órgão, ou seja, o Estado da Arte. E por fim, com base nas conclusões obtidas de todas as fases que constituem o presente trabalho, procurou-se identificar o que é possível fazer para melhorar o funcionamento do órgão fazendo um conjunto de propostas das quais se destaca uma nova organização, a elaboração de doutrina sobre o Sistema Automático de Comando e Controlo, bem como organização e responsabilidades de cada elemento que constitui o objecto de estudo.
Abstract The Automatic Command of Control System is an essential tool as it allows the integration of Fire Support on the Battlefield as well as better synchronization with the other units through four subsystems: the Advanced Field Artillery Tactical Data System, the Forward Observer System; the Battery Computer System and Gun Display Unit - Replacement. Those allow the conduct of Fire Direction because they equip the agencies that perform the various tasks of planning, coordination and implementation of Fire Support. The present paper aims to make known what are the implications of the use of the system, particularly in the Fire Support Element at Battalion level or equivalent, where is used the Advanced Field Artillery Tactical Data System in relation to the tasks of planning during the preparation phase, communications, organization and responsibilities of the various elements that constitute the Fire Support Element. In view the reader's understanding is sought, initially, to make known the procedures applied by the United States Army in a manual perspective, as well as the organization and responsibilities of the personnel that constitute the agency. The second part gives an insight as those manual procedures are made in Portugal, as well as their respective responsibilities and organization in the agencies. In a third phase we have the presentation of the Automatic Command of Control System and its subsystems, making known the purpose of each one and in which way they contribute for the integration of the Fire Support. The analysis of the implications of the system in the U.S. Army is made in a fourth part, making known the reader the changes that have suffered the agency in the organization and responsibilities of each of the elements. In the fifth phase is studied as the Automatic Command of Control System is applied to in Portugal, specifically in the agency, or, the state of the art. Finally, with its conclusions of all the phases that constitute the present paper, we sought to identify what is possible to do to improve the functioning of the agency making a set of proposals of which highlights a new organization, the development of doctrine on the Automatic Command of Control System as well as organization and responsibilities of each element that is the subject of study.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/7253
Aparece nas colecções:AM - CM - OM - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Trabalho IA.pdf1,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.