Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/7019
Título: Utilização do Planeamento Estratégico na Administração Pública
Autor: Gonçalves, Ema
Palavras-chave: Administração Pública
Planeamento Estratégico
Gestão Estratégica
Ensino Superior Militar
Data: 1-Ago-2011
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: Ao longo dos tempos, a sociedade do saber tem lançado novos desafios ao Setor Público Administrativo ao nível da sua cultura, estratégia, estrutura, poder, tecnologia e dos próprios modelos de gestão. Este trabalho recai na análise, formulação e implementação do Planeamento Estratégico na Administração Pública, analisando-se como se podem implementar as várias etapas da gestão estratégica, com vista a uma otimização dos níveis da estrutura, do processo, do ambiente e das técnicas a utilizar por uma organização, procurando aplicar-se ao caso da administração das Forças Armadas. Sendo o Planeamento Estratégico uma ferramenta fundamental para os diferentes setores da Administração Pública, há sempre necessidade de se proceder a adaptações estruturais e funcionais, de modo a que o plano estratégico seja sempre o mais adequado. Este último tem como objetivo enfrentar, com maiores garantias de êxito, as mudanças e desafios do meio envolvente, tendo por base o percurso histórico e as capacidades de cada setor da Administração Pública. Um dos Setores Públicos Administrativos que tem sofrido uma maior alteração é o setor da educação. O ensino superior em Portugal é conjuntural e estruturalmente difícil, devido à ausência de uma política nacional estável para o setor, redução do financiamento das instituições e às mudanças e desafios decorrentes da implementação da Declaração de Bolonha. A realização deste trabalho tem em vista analisar o planeamento estratégico inserido nos setores da Defesa e, posteriormente, analisar o estudo de caso efetuado no Instituto de Estudos Superiores Militares, de modo a otimizar o desempenho deste organismo. Este projeto divide-se em duas partes fundamentais: a primeira diz respeito ao enquadramento teórico, no qual se aborda a evolução da Administração Pública, as envolventes na estratégia e planeamento e o modo de funcionamento do planeamento estratégico de defesa nacional e de forças e a segunda reporta-se ao trabalho de campo, no qual se referencia a metodologia de investigação fazendo-se referência aos procedimentos e técnicas utilizadas para a obtenção de informação, a sua análise e discussão dos resultados bem como as conclusões e recomendações. A metodologia da parte teórica baseia-se na análise documental. Na parte prática utilizou-se a observação direta, a realização de entrevistas e um estudo de caso. Chegou-se à conclusão de que existem lacunas ao nível do planeamento estratégico nos setores da defesa, propondo-se algumas medidas a serem tomadas para colmatar determinadas falhas existentes ao nível dos processos e métodos de gestão.
Abstract Over time, the knowledge society has thrown new challenges to the Public Administrative Setor at the level of their culture, strategy, structure, power, technology and own management models. This work rests on analysis, formulation and implementation of Strategic Planning in Public Administration, analyzing various steps of strategic management, in order to otimize the levels of the structure, the process, the environment and the techniques to be used by an organization and it will focus on the seeking to apply to the case of administration of the Armed Forces. Being the Strategic Planning an essential tool for the different sectors of Public Administration, there is always a need to make structural and functional adaptations, so that the strategic plan is always the most appropriate. This plan aims to face, with greater assurance of success, the changes and challenges of the environment, recognizing the historical path and the capabilities of each setor of Public Administration. One of the Public Administrative Sectors that has suffered a major change is the education setor. Higher education in Portugal is structurally difficult, due to the absence of a stable national policy for the setor, the reduction of institutional funding and the changes and challenges that have arisen from the implementation of the Bologna Declaration. This work aims to analyze the strategic planning of the defense sectors and, after, analyze the case study made at the Institute of Higher Military Studies, to otimize the performance of this institution. This work is divided into two fundamental parts: the first concerns the theoretical part, which references the evolution of Public Administration, the factors of strategy and planning and the strategic planning of national defense and forces whilst the second part refers to the practical part, which discloses the research methodology and the procedures and techniques used to obtain information, the analysis and discussion of results and the conclusions and recommendations. The methodology of the theoretical part is based on documentary analysis. For the practical part was used the direct observation, the realization of interviews and a case study. The conclusion reached is that there are some gaps in the strategic planning in the sectors of Defense. In this light certain measures were proposed to fill management gaps.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/7019
Aparece nas colecções:AM - CS - EGARH - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tia_Asp_Gonçalves.pdf10,99 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.