Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/6993
Título: O Stress nas Operações de Apoio à Paz
Autor: Monteiro, Rangel
Palavras-chave: Operações de Apoio à Paz
satisfação no trabalho
stresse
Data: 1-Mai-2008
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: O presente trabalho de investigação teve como objectivo perceber a associação entre o stresse e a satisfação dos militares no cumprimento de Missões de Apoio à Paz e identificar os principais indutores de stresse, a que os militares estão sujeitos. Um total de 80 militares, que cumpriram uma missão no Afeganistão, completou 3 questionários. Um de frequência e um de intensidade, dos possíveis indutores de stresse, e outro de satisfação. Este último, com o objectivo de determinar a percepção dos militares quanto ao grau de satisfação antes da missão, durante a missão (em relação às tarefas, carga de trabalho, cadeia do comando, apoio logístico e apoio familiar), e após a missão. A investigação foi delineada de modo a testar a hipótese de que os indutores de stresse estão associados à satisfação dos militares. Complementarmente foram identificados os principais indutores de stresse. De uma forma geral os resultados indicam uma associação, embora não significativa do ponto de vista estatístico, entre a satisfação e o stresse. De salientar ainda, uma associação significativa entre a frequência e a intensidade dos indutores de stresse, ou seja, quanto maior a frequência de sintomatologia maior é a sua intensidade. Para além disto, os resultados indicam que os militares menos satisfeitos são os que percepcionam um maior nível de monotonia no seu quotidiano, maior carência de actividades profissionais gratificantes, bem como de meios ou métodos de diversão. Em relação aos indutores de stresse os resultados indicam que as condições climatéricas adversas, a falta dos amigos, bem como da família, são os acontecimentos mais frequentes e simultaneamente mais intensos, considerando-se estes os principais indutores de stresse.
Abstract The main purpose of this essay was to research the link between stress inducing causes in the context of Peacekeeping Operations and self-satisfaction achieved by the Militaries. In fact, eighty militaries who had been deployed in Afghanistan were requested to answer three questionnaires. One of them dealt withthe frequency, the second one with the intensity of possible stress inducing causes and the third one was concerned with the satisfaction level. The goal of the last one was todetermine how militaries were aware of self-satisfaction before the assignment, the level achieved during the asks, rank jobs, military organization, maintenance Support Operations, family support and at last the level of selfsatisfaction achieved once the deployment is over. The results show that there is no significant correlation, from the statistical point of view, between satisfaction and stress. However, it was evident that the militaries who had suffered more intense and frequent stress were the least satisfied. It is well-known that there is a significant correlation between the frequency and the intensity caused by the stress inducing causes, that is to say, the more frequent,the more intense. Beside, we have achieved the conclusion that the least-satisfied militaries were those who were well aware of the daily monotony, lack of professional gratifying activities, as well as, the lack of some means or methods of recreation. For stress inducers, the results indicate that the adverse weather conditions, group of friends, and the family, the events are both more frequent and more intense, considered to be the main driver of these stress.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/6993
Aparece nas colecções:AM - CM - CHCM - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O stresse nas Operações de Apoio à Paz.pdf324,96 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.