Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/6958
Título: Cabo-Verde e o não-alinhamento
Autor: Luz, Álvaro
Palavras-chave: Cabo Verde
Não-alinhamento
Sistema PolÌtico Internacional
Nova Ordem Mundial
RelaÁıes Internacionais
Data: 1-Mai-2008
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: O presente Trabalho de Investigação Aplicada, cujo tema é Cabo Verde e o não-alinhamento, pretende apresentar as razıes que levaram ao surgimento do movimento dos países não-alinhados, o motivo que levou Cabo Verde a optar pelo não-alinhamento e determinar qual dever• ser a melhor posição do país no panorama actual do sistema político internacional. Para tal, o estudo divide-se em três partes diferentes, onde se apresenta os resultados da investigação que conduziram ás conclusões. Assim, a primeira parte trata das origens do não-alinhamento, das razıes que levaram a entrada de Cabo Verde no referido movimento e da forma como o não-alinhamento foi implementado no país. A segunda parte faz uma referência a alguns fatores geopolÌticos/geoestratégicos que condicionam o alinhamento político de Cabo verde e, na terceira parte, faz-se uma caracterização do cenário actual das relações internacionais e apresenta-se a tendência actual de Cabo Verde relativamente aos principais actores internacionais. Deste modo, entra-se na esfera das Relações Internacionais para uma melhor percepção do objecto em análise. Por fim, constata-se que Cabo Verde aderiu ao movimento dos países não-alinhados para se manter longe das querelas que dividiam o mundo e para garantir ao país a paz e a Independência. Contudo, com o desaparecimento dos pressupostos que levaram ao surgimento do movimento, o paÌs deve orientar a sua política externa segundo o actor que melhor contribua para a realização dos interesses nacionais, ou seja, as necessidades básicas, fundamentais da nação.
Abstract This Applied Work Research, whose theme is "Cape Verde and non-alignment", intends to present the reasons that led to the emergence of the Movement of Non-aligned Countries, the reason that led Cape Verde to opt for non-alignment and determine which should be the best position of the country in view of the current international political system. To this end, the study is divided into three different parts, where it presents the results of research that led to conclusions. The first part deals with the origins of non-alignment, of the reasons for the entry of Cape Verde in that movement and how the non-alignment was implemented in the country. The second part is a reference to some geopolitical/geostrategic factors impact of the political alignment of Cape Verde, and the third part, is a characterization of the current scenario of international relations and sets up the current trend of Cape Verde on the main international actors. Thus, we enter into the sphere of international relations for a better understanding of the subject under review. Finally, it appears that Cape Verde joined the movement of non-aligned countries to stay away from quarrels that divided the world and to assure the country peace and independence. However, with the disappearance of the assumptions that led to the emergence of the movement, the country should gear its foreign policy according to the player that best contributes to the achievement of national interests, it mean, the basic main needs of the country.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/6958
Aparece nas colecções:AM - CS - CPRI - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TIA - Cabo Verde e o Não-alinhamento.pdf685,71 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.