Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/6938
Título: As Operações CIMIC nas Operações de Apoio à Paz
Autor: Galhano, Carlos
Palavras-chave: CIMIC
Companhia Geral CIMIC
Operações Não-Artigo 5º
Autoridades Civis
FND
Data: 1-Ago-2009
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: Os conflitos que marcam a actualidade são caracterizados pelo papel cada vez mais interveniente que a população tem no que respeita à estabilização e à implementação civil nas áreas afectadas. No espectro das novas operações não-artigo 5º, mais especificamente nas operações de apoio à paz, o comandante, no seu planeamento, deve ter em onsideração todos os aspectos relacionados com os civis presentes no TO, criando as condições necessárias à cooperação entre a força militar e as autoridades civis, com o objectivo de apoiar o comandante no cumprimento da missão, assim como, alcançar uma estabilidade duradoura na região, contribuindo para a melhoria das condições de vida da população e crescente aceitação da força no TO. Este trabalho de investigação aplicada visa o estudo da Cooperação Civil-Militar, assim como os seus conceitos emergentes, nas operações de apoio à paz. Como tal, numa primeira fase, a metodologia empregue baseou-se na revisão da literatura, onde fazemos um enquadramento e caracterização das operações de apoio à paz e onde apresentamos a CIMIC e os seus conceitos emergentes com base na doutrina OTAN. Numa segunda fase, fazemos uma análise à forma como a CIMIC se encontra articulada no seio da OTAN e como decorre durante as fases de uma operação não-artigo 5º. Posteriormente, examinamos o caso nacional em duas vertentes, em que na primeira apresentamos a estrutura CIMIC, consubstanciada na Companhia Geral CIMIC, verificando a evolução ocorrida desde a sua fase de concepção, assim como os objectivos que pretende alcançar. Numa segunda vertente, analisamos o trabalho que as nossas FND realizaram no TO da UNIFIL, nomeadamente na área CIMIC, apurando o impacto que está a ter na população. Por fim, chegou-se à conclusão da importância que a CIMIC tem no seio da OTAN na condução das operações não-artigo 5º, assim como das capacidades CIMIC a nível nacional onde se verifica o desenvolvimento nesta área, comprovando-se com a execução de acções CIMIC nos TO da UNIFIL, que prestaram um contributo precioso a Portugal.
Abstract The conflicts that make the headlines nowadays are characterized by an increasingly concerned role of the population in relation to stabilization and civil implementation in afflicted areas. Regarding new operations in non-article 5, especially in peace-support operations, the commander in his planning should take into account all the aspects of the civilians in the TO, giving conditions for cooperation between military and civilian authorities with the aim of establishing the necessary means for the mission fulfillment and creating conditions for achieving lasting stability in the region, contributing for the improvement of ways of living and growing acceptance of force in TO. The aim of this research work is the study of Civilian-Military Cooperation, as well their emerging concepts in peace-support operations. As such, the methodology used was based initially on a bibliographical review where we do a framework and a characterization of peace operations and where we present the CIMIC and its emerging concepts based on NATO doctrine. Secondly, we analyze the way the CIMIC is articulated within NATO, and how it works through all stages of an operation non-article 5. Then, we discuss a national case in two ways: first, we analyze the CIMIC structure embodied in General CIMIC Company monitoring the developments since its conception phase as well as the goals that are purposed to achieve. In a second part, we evaluate the work that our FND made at UNIFIL respectively in the CIMIC area, verifying the positive impact it is having on population. At the end, we get to the conclusion of the importance of CIMIC within NATO in conducting operations in non-article 5 as well as CIMIC capabilities at national level where there is a development in this area, proving the implementation of CIMIC in TO of UNIFIL, which provided a valuable contribution to Portugal.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/6938
Aparece nas colecções:AM - CM - OM - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TIA Book.pdf2,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.