Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/6893
Título: A introdução da Metralhadora na 1ª Guerra Mundial: Implicações nas Tácticas, Técnicas e Procedimentos das Unidades de Infantaria do Corpo Expedicionário Português
Autor: Baião, Tiago
Palavras-chave: 1ª Guerra Mundial
Táctica
Corpo Expedicionário Português
Infantaria
Metralhadora
Data: 1-Jul-2011
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: O presente trabalho de investigação aplicada tem por objectivo analisar a “introdução da metralhadora na 1ª Guerra Mundial: implicações nas tácticas, técnicas e procedimentos das unidades de Infantaria do Corpo Expedicionário Português”. Pretendemos assim com o trabalho que apresentamos, descrever as mudanças que surgiram nas Unidades de Infantaria do Corpo Expedicionário Português, relativamente às suas tácticas, técnicas e procedimentos, durante a Grande Guerra com a introdução da metralhadora no campo de batalha. Para limitarmos este trabalho procurámos cingi-lo ao espaço e ao tempo disponíveis. Dentro dos limites temporais definidos para a realização deste trabalho, aplicámos o método histórico, tendo em perspectiva a sequência temporal, fundamental para a contextualização histórica, e a análise da evolução do conflito nessa época recorrendo a uma perspectiva sincrónica e diacrónica. Este Trabalho de Investigação Aplicada foi então constituído em quatro partes, cuja organização a seguir se descreve. Na primeira realizámos uma contextualização histórica, onde identificámos os antecedentes que dão origem ao conflito e o porquê da corrida ao armamento. Na segunda parte pretendeu-se dar a conhecer melhor as metralhadoras que equipavam o C.E.P. na altura da 1ªGuerra Mundial, procurando também mencionar as armas que foram substituídas. Na terceira parte desta investigação, analisámos a organização do C.E.P. e do Exército Alemão, como comparação, dando importância particular às unidades de Infantaria, fazendo referência às respectivas alterações efectuadas para melhor integrar a metralhadora nas forças e para fazer face a este novo modo de combater. Por último investigámos quais as implicações do uso da metralhadora na Grande Guerra, fazendo referência à necessidade de alterar o modo de agir das unidades de Infantaria, e às vantagens e desvantagens da utilização de um grande número de metralhadoras no campo de batalha.
Abstract The present work of applied investigation has for objective to analyse the “introduction of the machine gun in the First World War: implications in the tactics, techniques and procedures of the infantry units in the C.E.P.” We also wan ted to describe the changes that emerged in the infantry units of the C.E.P., relatively to their tactics, techniques and procedures, during the Great War with the introduction of the machine gun in the battlefield. To limit this work we tried to narrow it in the space and time available. Within the defined time bounds to the accomplishment of this work, we applied the historic method, by having in view the time sequence, fundamental to the historic contextualization, and the analyses of the conflict evolution in that period by using a synchronic and diachronic perspective. This work of applied investigation was made into four parts, which organization we describe next. In the first we made a historical contextualization, where we verified the background that was in the origin and the why of the arms race. In the second part we tried to introduce the machine guns that equipped the C.E.P. in First World War, seeking to mention also the weapons that were replaced. In the third part of this investigation, we analysed the organization of the C.E.P. and of the German Army, as a comparison, giving special importance to their infantry units, by making reference to the changes made to better instate the machine gun in the forces and to deal with the new way of fighting. For last we investigated which were the implications of the use of the machine gun in The Great War, making reference to the need to change the way of fighting of the infantry units, and the advantages and disadvantages of the increasing number of machine guns in the battlefield.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/6893
Aparece nas colecções:AM - CM - ECCA - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
T.I.A. Asp Al Inf Baião.pdf3,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.