Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/6889
Título: Emprego Tático de uma Companhia de Infantaria na Guerra Subversiva em Angola
Autor: Fonseca, André
Palavras-chave: Angola
Companhia de Caçadores
Golpes de Mão
Emboscadas
Patrulhamentos
Ação Psicossocial
Data: 1-Jul-2012
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: O presente relatório científico final do trabalho de investigação aplicada ostenta como tema principal “Emprego tático de uma companhia de infantaria na guerra subversiva em Angola” e resulta da manifestação do autor pelo interesse pela temática da Guerra Colonial, mas também pelo interesse da História Militar em geral. A questão central abordada neste trabalho procura demonstrar de que forma uma companhia de infantaria, em especial as denominadas companhias de caçadores, atuavam na província ultramarina de Angola no combate às ações subversivas e, também, como estas atuavam junto das populações exercendo uma ação psicossocial, prestando apoio económico, educacional, religioso e sanitário, de modo a melhorar as suas condições de vida e assim adquirir a sua confiança. No que diz respeito à metodologia aplicada a este trabalho, consistiu num estudo de caso enquadrado numa investigação histórica, deste modo, realizou-se uma pesquisa bibliográfica sobre publicações da temática, e por se tratar do escalão companhia, procedeu-se à pesquisa de relatórios e histórias de unidades. É possível concluir com este trabalho que a companhia de infantaria desempenhou um papel de extrema importância no combate às ações subversivas através de dois tipos distintos de ações ofensivas, como emboscadas e golpes de mão, e ações pelas populações, na forma da ação psicossocial.
Abstract This final scientific report of this master’s thesis bearing as main theme "Tactical employment of an infantry company at subversive war in Angola" as consequence author’s interest in the theme of the Colonial War, and also, for Military History in general. The central question addressed in this paper seeks to demonstrate how a infantry company, specially the Caçadores, worked in the overseas province of Angola fighting subversive actions and also how these act with the populations were exerting a psychosocial action, providing economic, education, religious and health support, so as to improve their living conditions and to gain their trust. Regarding the methodology applied in this essay, this was a framed case study in historical research, completed by a bibliographical research on thematic publications and, because the echelon chosen is the company level, research was issue on reports and memoirs of the units. It is possible to argue that the infantry company played a very important role in the fight against subversive actions through offensive actions, such as ambushes and hand blows, and as a way to act on the people in the form of psychosocial action.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/6889
Aparece nas colecções:AM - CM - OM - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Asp Of Al Inf André -.pdf1,62 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.