Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/6888
Título: Uma força Expedicionária Portuguesa na Campanha da Etiópia de 1541-1543
Autor: Pereira, Hugo
Palavras-chave: D. Cristóvão
Preste
Etiópia
Turcos
Zeyla
Data: 1-Jul-2012
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: O presente Trabalho de Investigação Aplicada, tem como estudo a Campanha da Etiópia de 1541-1543. Com um contingente de aproximadamente quatrocentos homens, os portugueses vão em auxílio do imperador da Etiópia, também designado por Preste João. Habituados e adaptados a uma forma de combater muito própria, vão revelar aspetos da guerra moderna que não se sabia que dominavam. Esta lacuna deve-se à inexistência de doutrina militar escrita. Desta forma, o objetivo visa compreender as novidades que distinguem esta campanha de outras da sua época. Relativamente à metodologia, utiliza-se o método comparativo, aplicando a análise sincrónica. A estrutura do trabalho foi feita em sete capítulos, sendo que os primeiros cinco destinam-se a apresentar o mundo e Portugal neste período, além de todo o decurso da campanha. O capítulo seis corresponde ao trabalho de campo, para responder às questões derivadas e respetivas hipóteses. No último, asconclusões. Nestas, são mencionados vários aspetos. A influência dos ensinamentos da guerrade Itália [o poder da artilharia móvel; as técnicas de fortificação; o comando de homens pela experiência e não pela nascença; o combate organizado] aliado à liderança pelo exemplo de D. Cristóvão.Ímpar até à data, a duração da campanha de dois anos e meio e sem linhas de abastecimento e comunicações com forças portuguesas na região.
Abstract This Applied Research Work focuses upon the so called Ethiopian Campaign which took place between 1541 and 1543, when a Portuguese contingent of about four hundred men decided to give support to the Emperor of Ethiopia, also known as Prester John. Accustomed and adapted to a very particular way of combating, the Portuguese would then reveal certain aspects of modern war which were not expected to be known amongst them let alone to be dominated by them. A possible explanation for this might be the lack of written military doctrine. Thus, the objective of this work is to understand the novelties/innovations that made it possible to distinguish this campaign fromothers occurring in that same period. Regarding the methodology, this work applied the synchronic analysis in order to use the read across. The work is structured into seven chapters. The first five chapters intend to make a presentation of the World and Portugal in the period of the campaign, along with the whole course of the campaign itself. Chapter six details the field work in order to answer the questions aroused from the main question and its corresponding hypotheses. The last chapter comprises the conclusions in which various aspects are mentioned, such as: The influence of the lessons learned from the war in Italy [the power of mobile artillery, fortification techniques, the command of men by experience and not by birth; organized combat] allied to the way D. Christopher led by example. Last but not least it is of utmost importance to remark the duration of this unique campaign: two and a half years without any supply lines and communications with the Portuguese forces in the region.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/6888
Aparece nas colecções:AM - CM - ECCA - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Uma força Expedicionária Portuguesa na Campanha da Etiópia...pdf853,3 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.