Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/6876
Título: A Importância Estratégica da Posição do Arquipélagodos Açores no âmbito das Relações transatlânticas
Autor: Soares, Paulo
Palavras-chave: Açores
Relações Transatlânticas
Geopolítico
Política Internacional
Data: 1-Ago-2012
Editora: Academia Militar. Direção de Ensino
Resumo: Este Trabalho de Investigação Aplicada tem como objetivo analisar a importância da posição do arquipélago dos Açores, no âmbito das relações transatlânticas, ao longo do século XX e do século XXI. Destacamos os períodos referentes à Segunda Guerra Mundial e imediatamente a seguir ao pós-guerra, na medida em que são, do nosso ponto de vista, aqueles que se revestiram de particular importância no plano geopolítico e geoestratégico, nomeadamente aquando da entrada de Portugal na North Atlantic Treaty Organization como membro fundador. A relevância deste trabalho assenta em analisar e compreender a importância dos Açores nas relações políticas de Portugal com outros atores do Sistema Internacional. Adoptamos como metodologia, a dedutiva, baseando-nos em diversas fontes bibliográficas, existentes em bibliotecas e disponíveis em sítios da Internet. Como principais conclusões referência para o importante contributo que o arquipélago teve durante a 2ª Guerra Mundial para o esforço de guerra aliado, apesar de poder ter sido muito mais significativo, se o governo português tivesse autorizado a utilização do arquipélago para fins militares. Os Açores, apesar do acelerar do desenvolvimento tecnológico, nomeadamente no respeitante à autonomia dos meios aéreos e navais, continua a ser uma base de apoio extremamente importante no meio do Oceano Atlântico. O arquipélago açoriano constitui-se relevante para Portugal, dado o seu contributo para a extensão da Zona Económica Exclusiva, e eventual, alargamento da plataforma continental, constituindo uma vasta área com potencial fonte de recursos, de valor incalculável.
Abstract This research aims to analyze the importance of the position of the Azores archipelago, in the framework of transatlantic relations, throughout the twentieth century and through the twenty-first century. We highlight the periods relating to World War II and immediately after the war, to the extent that they are, from our point of view, those who were of particular importance in geostrategic and geopolitical plan, in particular on the entry of Portugal in the North Treaty Organization as a founding member. The relevance of this work is to analyze and understand the importance of Azores in Portugal’s political relations with other actors in the International System. We adopt as a methodology, the deductible, based on several sources, existing in libraries and available on internet sites. As main conclusions reference to the important contribution that the archipelago had during the Second World War to the allied war effort, though it may have been much more significant, if the Portuguese Government had authorized the use of the archipelago for military purposes. The Azores, in spite of the speed of technological development, in particular with regard to the autonomy of the air and naval resources, continues to be an extremely important support base in the middle of the Atlantic Ocean. The Azorean archipelago is relevant to Portugal, given its contribution to the extension of the exclusive economic zone, and eventual enlargement of the continental shelf, constituting a vast area with potential source of resources, of incalculable value.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/6876
Aparece nas colecções:AM - CS - CPRI - Trabalho de Investigação Aplicada (TIA) - Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A Importância Estratégica da Posição do Arquipélago dos Açor.pdf1,57 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.