Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/6657
Título: Análise e intervenção ergonómica em postos de trabalho com computadores: a perceção dos trabalhadores
Autor: Sobral, Maria João Guterres do Carmo
Orientador: Lima, Paulo
Palavras-chave: análise ergonómica
dimensões ergonómicas
perceção
condições de trabalho
computadores
ergonomic analysis
ergonomic variables
perception
working conditions
computers
MSHT
Data de Defesa: 2014
Editora: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Ciências Empresariais
Resumo: Os computadores, enquanto instrumentos de trabalho, fazem hoje parte da vida quotidiana de muitos trabalhadores, tendo trazido também profundas alterações nos hábitos e processos operativos, modificando quer o envolvimento físico quer o envolvimento psíquico no trabalho. É neste quadro que apresentamos um estudo empírico que tem como objetivo analisar as condições de trabalho através da perceção dos trabalhadores às diferentes dimensões ergonómicas. Concretamente, pretendemos verificar o cumprimento das prescrições mínimas de segurança e saúde relativamente ao posto de trabalho com utilização de computador, identificar os principais perigos/fatores de risco a que os trabalhadores estão expostos, avaliar a prevalência da existência de lesões musculoesqueléticas, e por fim propor um plano de intervenção de acordo com os resultados da análise realizada. Tendo em conta os objetivos deste estudo, optámos por um estudo de caso, numa abordagem que engloba o recurso ao inquérito por questionário construído para o efeito, sendo que a amostra foi constituída por 104 trabalhadores de uma autarquia. Os resultados obtidos neste estudo indicam que os trabalhadores tendem a discordar e a concordar com as afirmações que descrevem condições de trabalho ergonómicas, dependendo dos itens analisados. Assim, no que diz respeito às dimensões da análise ergonómica consideradas, obtivemos as seguintes médias: Organização do trabalho (2,99), Espaços de Trabalho (3,49), Ambiente Físico (4,00) e Máquina (4,30). Quanto ao cumprimento dos requisitos legais verificamos que 70,59% são cumpridos, num total de 34 questões colocadas. No que diz respeito à prevalência de sintomas associados às lesões musculoesqueléticas relacionadas com o trabalho, concretizado através da análise da frequência das respostas assinaladas no Nordic Muskuloskeletal Questionnaire (NMQ), aferimos que as queixas no pescoço e ombros prevalecem em 56% e 42% dos trabalhadores, respetivamente. Verificamos ainda que 52,8% dos respondentes não costuma estar sentado com a zona lombar apoiada ao espaldar da cadeira, adotando assim, um comportamento crítico/não adequado.
Abstract: Computers as tools are now part of everyday life for many workers, having also brought profound changes in habits and operating processes by modifying either the physical or psychic involvement job involvement. Within this framework, we present an empirical study which aims to analyze the working conditions through the perceptions of workers to different ergonomic variables. Specifically, we intend to verify compliance with the minimum safety and health regarding workplace with computer use, identify the main hazards/risk factors to which workers are exposed, to assess the prevalence of the existence of musculoskeletal injuries, and finally propose an action plan according to the results of the analysis. Given the objectives of this study, we chose a case study, an approach that encompasses the use of questionnaire survey purpose built, and the sample consisted of 104 employees of a municipality. The results of this study indicate that employees tend to disagree and agree with the statements that describe ergonomic working conditions, depending on the items analyzed. Thus, with regard to the variables considered ergonomic analysis, we obtained the following averages: Work organization (2,99), Physical Spaces (3,49), physical environment (4,00) and Machine (4,30). The fulfillment of the legal requirements we found that 70,59 % are completed, a total of 34 questions. With regard to the prevalence of musculoskeletal injuries associated with work-related symptom, achieved by analyzing the frequency of the marked Muskuloskeletal Nordic Questionnaire (NMQ) responses, we verified that the complaints in the neck and shoulders are prevalent in 56 % and 42 % of workers, respectively. We also verified that 52,8 % of respondents usually sitting without support lumbar backrest of the chair, thus adopting a critical/not appropriate behavior.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Segurança e Higiene no Trabalho
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/6657
Aparece nas colecções:IPS - ESTS - MEDIATECA - Dissertações de mestrado
IPS - ESCE - CDOC - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação SHT_MariaJoaoSobral_FINAL.pdf1,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.