Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.26/2453
Title: A perceção dos professores do 1º ciclo face aos métodos de leitura e escrita em crianças disléxicas
Author: Rodrigues, Maria Emília Fraga
Keywords: Integração escolar
Prática pedagógica
Dislexia
Ensino da leitura e da escrita
Fonologia
Defense Date: Jun-2012
Abstract: A aprendizagem da leitura e da escrita é um processo contínuo, cujo sucesso é determinado, em grande parte, pelas atitudes e metodologias utilizadas pelo professor. Com esta investigação pretendemos identificar a “perceção dos professores do 1º ciclo face aos métodos de leitura e escrita em crianças disléxicas.” Iniciámos este estudo, com a evolução histórica da educação inclusiva; da filosofia da inclusão; dos princípios gerais para a construção de uma escola para todos e das vantagens da inclusão. Posteriormente, importou definir Dificuldades de Aprendizagem exemplos de Dificuldades de Aprendizagem Especificas e suas causas. Na parte intitulada,”O ato de ler no cérebro leitor “, abordámos essencialmente a temática da aprendizagem da leitura, iniciando-se a reflexão com os processos cognitivos implicados na leitura, seguindo-se os aspetos relativos ao processamento da leitura a nível cerebral. Segue-se outra parte, cujo enfoque, recai sobre os distúrbios que podem ocorrer a nível da leitura numa criança disléxica, definição de consciência fonológica e sua relação com a dislexia. De seguida, é valorizado o conceito de dislexia, as suas causas, intervenção educativa e intervenção da respetiva família. Para finalizar o enquadramento teórico, abordámos alguns métodos de leitura e escrita existentes. O capítulo seguinte, é dedicado à Metodologia da Investigação, constituído pela apresentação, descrição e justificação de todo o processo metodológico do estudo. Para a nossa recolha de dados, elaborámos um inquérito por questionário que foi remetido, a 71 professores do 1.º ciclo com perguntas maioritariamente fechadas, devido ao facto de serem de mais fácil e rápido preenchimento por parte dos inquiridos. Após o tratamento dos dados, recolhidos dos questionários, concluímos que, de uma maneira geral, os inquiridos possuem bons conhecimentos sobre os métodos da leitura e escrita. Relativamente à primeira hipótese formulada, os inquiridos responderam que utilizam, nas suas praticas pedagógicas, conhecimentos adquiridos nas formações e ações de formação frequentada. Constatamos ainda, que os inquiridos utilizam o método de leitura Multissensorial, para trabalhar com crianças disléxicas, suportando, deste modo as hipóteses previamente formuladas
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/2453
Appears in Collections:ESEJD - Educação especial – domínio cognitivo – motor (dissertação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
trabalho mestrado emilia pdf.pdf5,05 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.