Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/15612
Título: A identidade territorial da cidade de Bragança como base sustentável da marca
Autor: Ferreira, Cláudia
Orientador: Mena, Ricardo
Palavras-chave: Identidade territorial
Marca
Marketing territorial
Data de Defesa: 10-Set-2015
Resumo: No mundo globalizado do século XXI, urge a necessidade dos países, cidades e localidades se darem a conhecer a consumidores cada vez mais atentos, informados e exigentes. A procura constante pela diferenciação e o desejo de criar necessidades tangíveis e intangíveis nos consumidores colocam a marca cidade como um fator preponderante na relevância da estratégia de desenvolvimento local. A marca territorial deverá ser entendida como uma ferramenta fulcral no desenvolvimento estratégico das cidades, na medida em que permite uma maior notoriedade, diferenciação e por conseguinte vantagens competitivas. Desta forma, a marca das cidades deverá ser construída e desenvolvida com base no pilar da identidade territorial que enfatiza a história de um povo evidenciando traços culturais, naturais, históricos, sociais, religiosos e etnográficos. Com o intuito de compreender a identidade territorial da cidade de Bragança como base sustentável da Marca entre os vários stakeholders e analisar o papel dos residentes no contexto de identidade territorial, utilizou-se uma metodologia mista, com elementos qualitativos (10 entrevistas a diferentes stakeholders) e quantitativos (455 questionários a residentes no concelho de Bragança). Concluiu-se que nas questões relevantes para o estudo existe entre os stakeholders uma perceção uniforme e uma partilha enriquecedora de conhecimentos, contudo, as questões relativas à marca, ao conhecimento, comunicação e divulgação sobre a mesma divergem. No que se refere aos residentes, é notório um elevado grau de notoriedade, qualidade, imagem e satisfação, contudo no que reflete a Marca Bragança regista um elevado grau de desconhecimento, o que pode ser alterado se existir uma maior sensibilização para a Marca Bragança, no sentido de esta ter o reconhecimento. Importa destacar ainda que relativamente a questão da marca os residentes e os stakeholders considerem que a marca existe porque Bragança é um ponto de referência, contudo precisam de reconhecer a sua identidade nesta marca.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/15612
Designação: Mestrado em Gestão de Marketing
Aparece nas colecções:IPAM - Porto - Dissertação de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
claudia_ferreira.pdf1,34 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.